- Cidade

Fapeam reúne com pró-reitores para ações de melhoria dos programas de pós-graduação do Amazonas

A diretoria da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) realizou na sexta-feira (29/11) uma reunião de trabalho com pró-reitores e representantes de instituições de ensino e pesquisa do Amazonas para melhorias de ações dos cursos de pós-graduação do estado. O encontro ocorreu na sede da Fapeam, no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

O Amazonas possui 59 Programas de Pós-Graduação (PPGs), 82 cursos de mestrado e doutorado. Entretanto, 86% dos cursos ainda se concentram nos conceitos 3 e 4. A reunião com os pró-reitores é o quarto movimento promovido pela Fapeam, diretamente, voltado para a discussão deste tema e fortalecimento da política de CT&I.

A diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, disse que a reunião com os pró-reitores visa a elaboração de um diagnóstico preciso da pós-graduação do Amazonas, por meio dos indicadores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), com o intuito de melhorar os conceitos e consolidar a pesquisa.

“A nossa reunião é para apresentar todo o esforço que se tem feito para fortalecer ainda mais os cursos de pós-graduação no estado. Buscamos conversar com os responsáveis por essas áreas para falar sobre a necessidade da elaboração de um diagnóstico, para que a Fapeam possa fazer um planejamento mais eficaz e direcionado para as necessidades das instituições de ensino e pesquisa, e para que possamos trabalhar tendo como referência o Plano Plurianual do Estado”, enfatizou.

Para a diretora de Pós-Graduação do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Ana Cláudia Ribeiro de Souza, a reunião é algo estratégico para as instituições. “É importante para que possamos agir com o pé no chão e com consistência de dados, em parceria com as instituições. A Fapeam, convidando essas instituições, irá saber o cenário da pós-graduação do Amazonas. São reuniões como essas que permitem planejamento e autoavaliação”, conta.

Segundo a pró-reitora de Pesquisa da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Selma Baçal, a reunião promovida pela Fapeam foi importante para alinhar assuntos para a melhoria de pós-graduação do Amazonas. “A convocação da Fapeam para conversar com as pró-reitorias de instituições de ensino pesquisa para fazer esse levantamento, sobretudo dos egressos formados no Amazonas, é importante para se ter um bom diagnóstico da pós–graduação do nosso estado, além de pontuar políticas”, disse.

Participaram da reunião pela Fapeam, a diretora-presidente, Márcia Perales; a diretora técnico-científica, Marne Vasconcellos; e a diretora administrativo-financeira, Márcia Irene Andrade. Representando as instituições participaram a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufam, Selma Suely Baçal de Oliveira; a representante da Pós-Graduação do Instituto Leônidas & Maria Deane (Fiocruz Amazônia), Ormezinda Celeste Fernandes; a diretora de Pós-Graduação do Ifam, Ana Cláudia Ribeiro de Souza; a coordenadora de Capacitação do Instituto Nacional de pesquisa da Amazônia (Inpa), Beatriz Ronchi Teles; e a representante da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Patricia Melchionna Albuquerque.

Reunião Capes – No dia 7 de novembro, a Fapeam promoveu encontro com os coordenadores de cursos e pró-reitores de pós-graduação para tratar dos avanços no processo de avaliação do Sistema Nacional de Pós-Graduação da Capes (SNPG/Capes).

A palestra foi ministrada pela diretora de Avaliação da Capes, Sônia Báo, a convite da Fapeam, para propiciar mais conhecimento e esclarecimentos de dúvidas sobre a Proposta de Aprimoramento de Avaliação da Pós-graduação, que visa contribuir para o aperfeiçoamento do sistema de avaliação e do processo de indução da qualidade da pós-graduação brasileira stricto sensu.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *