- Cidade

Manaus registra 188 incêndios em residências entre janeiro e julho de 2019

Entre janeiro e julho deste ano, 188 casos de incêndios em residências foram registrados em Manaus. O índice representa uma redução de 88,1% em relação ao mesmo período de 2018. Segundo o Corpo de Bombeiros, a não utilização de ligações clandestinas de energia e extensões pode ajudar na redução dos casos.

Em 2018, foram contabilizados 320 incêndios nos primeiros sete meses do ano. O sargento Denis Wilson Lira explica que, inicialmente, o extintor de pó químico é o equipamento mais indicado para combater o fogo em residências.

“Em residências não há obrigatoriedade de dispor de extintores de incêndio, mas caso o proprietário entenda que é seguro tê-lo, um extintor com carga de pó químico seco poderá suprir a necessidade em caso de princípios de incêndios. (…) Se o caso for muito sério, será necessário evacuar o local imediatamente e acionar o Corpo de Bombeiros por meio do 193”, destaca.

A corporação ressalta que se o morador da residência atingida pelas chamas não tiver treinamento adequado, o ideal é não tentar combater o incêndio, pois há risco de acidentes e a possibilidade de causar o aumento no fogo.

Estabelecimentos comerciais como condomínios e hotéis precisam passar por uma vistoria e devem possuir outros sistemas em pleno funcionamento. “O condomínio ou hotelaria deve ter um Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros em dia, dispositivos e sistema de combate a incêndio, bem como os de controle de pânico em perfeitas condições de emprego”, diz o sargento Denis Wilson.

Dicas
A corporação lista uma série de medidas que podem evitar novos casos de incêndio em residências. Confira as dicas abaixo:

Não fazer ligações clandestinas na rede elétrica;
Evitar utilizar ligações múltiplas (extensões e benjamins);
Evitar deixar aparelhos eletroeletrônicos ligados sem necessidade de uso;
Realizar manutenção preventiva da rede elétrica;
Não deixar panelas com o fogão aceso sem supervisão;
Fazer a manutenção preventiva da mangueira e do registro do gás de cozinha;
Em caso de quedas de energia, desligue os aparelhos eletroeletrônicos da tomada;
Não fazer queima de materiais para limpeza de terrenos;
Não utilizar acessórios (para celulares, e o mesmo vale para o gás de cozinha) sem inspeção de qualidade;
Avaliar aquisição de extintores de incêndio para combater o fogo dentro ou fora de casa.
Brigadistas
Para auxiliar em casos de incêndio e no atendimento de primeiros socorros, o Corpo de Bombeiros oferece um treinamento para formação de brigadistas, que pode ser agendado por empresas e organismos sociais. Para isso, é necessário entregar um ofício endereçado ao comandante-geral da corporação, coronel Danízio Valente, especificando data, horário e local em que o treinamento pode ocorrer.

O atendimento é feito de acordo com a disponibilidade da seção de ensino do Corpo de Bombeiros.

No caso de empresas, o treinamento é feito mediante o pagamento de um taxa. Já associações sem fins lucrativos e igrejas podem requisitar a qualificação de forma gratuita.

Fonte: G1 AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *