- Cultura

Amazonense Ygor Saunier estreia em banda internacional

Na última sexta-feira, 2/8, o baterista e pesquisador dos ritmos amazônicos Ygor Saunier anunciou nas redes sociais sua contratação pela banda italiana Gen Rosso, para a próxima turnê de outono. Saunier passou por uma seletiva da qual participaram bateristas de diversas partes do mundo, em um processo que durou cerca de seis meses.

“Life”, nova turnê do grupo para a qual Saunier foi contratado, acontecerá em duas partes, cada uma delas com duração de aproximadamente dois meses. A turnê inicia no mês de setembro e, até novembro, irá percorrer diversos países do continente europeu, com agenda a ser divulgada nos próximos dias no site oficial da banda.

O Gen Rosso é um grupo com 53 anos de história, experiência em cerca de 200 turnês, mais de 50 álbuns gravados, milhões de espectadores em turnês e shows realizados em mais de 50 países. Trazendo em seu repertório mensagens de paz e um mundo melhor através da música, a banda é uma ramificação do Movimento dos Focolares, um movimento ecumênico da Igreja Católica, fundado pela italiana Chiara Lubich, em 1943, cuja espiritualidade busca estabelecer diálogos inter-religiosos e interculturais para a construção de uma cultura de fraternidade e paz no mundo. Os Focolares atuam no Brasil em diversas frentes de assistência voltadas à diminuição da desigualdade social e no combate à pobreza, através de projetos no âmbito econômico e empresarial como a Economia de Comunhão.

Uma vez que as atividades do Gen Rosso estão diretamente ligadas às ações dos Focolares, a banda promove paralelamente aos seus shows ações de caráter humanitário com grupos em situação de vulnerabilidade social, encarcerados, instituições de recuperação de dependentes químicos, dentre outros.

Ygor Saunier é natural de Maués (AM), graduado em Música pela Universidade Federal do Amazonas e recentemente concluiu seu Mestrado em Música na Universidade Estadual Paulista (Unesp), onde desenvolveu uma pesquisa sobre manifestações musicais amazônicas, sob orientação do Prof. Dr. Carlos Stasi. É autor do livro “Tambores da Amazônia: Ritmos musicais do Norte do Brasil”, que traz um estudo sobre a rítmica de nove gêneros musicais amazônicos, dentre eles o Boi-bumbá de Parintins, a Ciranda de Manacapuru e o Gambá de Maués.

Fonte: VivaManaus 


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *