- Cultura

Coral de Crianças mantido pela Polícia Civil realiza a primeira apresentação em homenagem antecipada ao Dia dos Pais

Em comemoração antecipada ao Dia dos Pais, celebrado no Brasil, anualmente, no segundo domingo do mês de agosto, foi realizada, na tarde de sexta-feira (2/8), por volta das 15h, a primeira apresentação do Coral de Crianças mantido pelos servidores do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O evento ocorreu nas dependências da unidade policial, situada no bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul da capital.

Doze crianças, com idades entre sete a 11 anos, fazem parte do coral, segundo os idealizadores da inciativa. O projeto, que tem por objetivo aproximar a população da polícia, recebeu o nome de “Música no DIP”. Cerca de 45 pessoas prestigiaram a apresentação, entre moradores da região, pais ou responsáveis pelos coralistas, além dos policiais civis que atuam no 2º DIP. Dentre os convidados, o delegado Marcelo Martins, titular do 24º DIP.

Segundo a escrivã de Polícia Magnólia Calmont, uma das organizadoras do projeto, foram quatro músicas apresentadas, três cantadas pelo coral, uma com a participação especial do pai de dois integrantes do projeto, e outra cantada pela própria escrivã, em homenagem ao Dia dos Pais, que este ano é celebrado no dia 11.

“É de grande importância esse projeto, pois ainda existe uma distância entre a população e a polícia. Algumas pessoas, na maioria das vezes, temem se aproximar da polícia e queremos acabar com esse pensamento. Fiquei muito emocionada com o resultado do esforço das crianças e percebi que os pais presentes também ficaram felizes”, argumentou Magnólia.

O segurança Nerilvado Franco da Silva, 42, pai de Agatha Alves Franco da Silva, 7, e de José Emanuel Alves Franco da Silva, 10, participantes do coral, foi um dos homenageados no encontro. Na ocasião, o homem relatou que é a primeira vez que os filhos participam de um projeto de canto e que isso está fazendo a diferença na rotina deles.

“Sou grato à homenagem que recebi, por meio dessa apresentação. Ao meu ver, esse projeto está sendo positivo na vida não só dos meus filhos, mas de todas as crianças participantes, pois, geralmente, elas veem a delegacia como um lugar obscuro, sem vida, e aqui não. Só se vê alegria. Estão, realmente, dando atenção às crianças da comunidade. Esse tipo de projeto faz toda a diferença na vida de todos. Fui convidado também para cantar uma das músicas junto com as crianças. Fiz algo diferente do meu dia a dia e também para dar um exemplo aos meus filhos”, argumentou Nerivaldo.

História – O projeto surgiu há dois meses, durante uma reunião dos servidores do 2º DIP. A iniciativa tem como diretor o delegado Mariolino Brito, que no início do projeto respondia pela titularidade do 2º DIP e, atualmente, está à frente do Departamento de Polícia do Interior (DPI). Também fazem parte, como organizadores, a escrivã de Polícia Magnólia Calmont e o maestro Sérgio Salazar, que é pianista experiente em trabalho com crianças e estagiário de Direito na unidade policial.

“Agradeço muito essa oportunidade. Já trabalho com crianças há um tempo, mas nunca imaginei que teria essa oportunidade de trabalhar com elas na polícia”, disse o maestro.

De acordo com os organizadores do projeto, esse evento foi o primeiro de muitos que estão por vir, depois de uma apresentação que superou as expectativas de todos. “Agora que vimos o resultado, estamos ainda mais engajados para que esse projeto cresça. Ressalto que devemos dar bons exemplos para nossas crianças. A música foi um bom início de caminho, esperamos que mais crianças se interessem”, declarou Calmont.

Inscrições – As inscrições são gratuitas e estão abertas para crianças de sete a 11 anos, que moram nos bairros Colônia Oliveira Machado, Educandos, Morro da Liberdade e Santa Luzia, na zona sul da capital. Os ensaios ocorrem às quartas e sextas-feiras, por volta das 16h, no auditório do Centro Integrado de Segurança da Zona Sul (CIS-Sul). Melhores informações podem ser obtidas no prédio do 2º DIP, situado na avenida Desembargador Felismino Soares, nº 155, bairro Colônia Oliveira Machado. Interessados podem entrar em contato pelo número de telefone da unidade policial: (92) 3214-3654.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *