- Economia

Bolsas da China têm pior semana desde maio com dados fracos e temores comerciais

Os índices acionários chineses devolveram os ganhos iniciais e encerraram em queda nesta sexta-feira (9), registrando o maior declínio semanal desde maio, uma vez que dados fracos da indústria e temores comerciais persistentes pesaram sobre os mercados.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,7%.

Na semana, o CSI 300 acumulou perda de 3%, enquanto o índice de Xangai recuou 3,2%, suas maiores quedas semanais em três meses.

Os preços ao produtor da China recuaram pela primeira vez em três anos em julho, alimentando preocupações de deflação e pressionando a China a fornecer mais estímulo em meio à guerra comercial com os Estados Unidos.Além disso, também permaneciam algumas preocupações em torno da guerra comercial entre China e EUA.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,44%, a 20.684 pontos.
Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,69%, a 25.939 pontos.
Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,71%, a 2.774 pontos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,97%, a 3.633 pontos.
Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,89%, a 1.937 pontos.
Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,04%, a 10.494 pontos.
Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,49%, a 3.168 pontos.
Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,25%, a 6.584 pontos.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *