- Polícia

Polícia Civil prende rapaz envolvido em roubo a drogaria no bairro Dom Pedro

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, titular e adjunto, respectivamente, da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), falou na manhã desta sexta-feira (17/5), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento de mandado de prisão preventiva por roubo majorado em nome de Daniel Henrique Pinto da Costa, 25, envolvido em roubo a drogaria no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da capital. O delito aconteceu em março deste ano.

De acordo com o delegado Guilherme Torres, a equipe de investigação da Derfd iniciou as investigações em torno do caso após tomar conhecimento do crime, que ocorreu no dia 13 de março deste ano. Na ocasião, Daniel e um comparsa, identificado como Helton Carlos Santos Castro, 25, que está sendo procurado pela polícia, entraram na drogaria e levaram toda a renda do caixa.

“Ao longo das diligências constatamos que essa dupla é de alta periculosidade. Verificamos, durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), que os dois infratores possuem diversas passagens pela polícia por roubo. Só Helton tem sete Boletins de Ocorrência (BOs) contra ele pela prática delituosa. Tanto Daniel quanto Helton foram condenados por roubo e fazem uso de tornozeleira eletrônica”, explicou Torres.

Conforme o delegado Demetrius Queiroz, após a confirmação da dupla como autora do roubo, foi solicitado à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome dos infratores. A ordem judicial foi expedida no dia 2 de abril deste ano, pela juíza Margareth Rose Cruz Hoagen, da 4ª Vara Criminal. Ao longo dos trabalhos para prender os infratores, a equipe da Derfd conseguiu encontrar o lugar onde Daniel estava.

“Prendemos Daniel na tarde de quarta-feira (15/5), por volta das 14h, em uma clínica para dependentes químicos situada em um sítio no quilômetro 15 da rodovia federal BR-174. Ele havia se internado voluntariamente no local para tentar nos despistar. Agora, nossos trabalhos não irão cessar, até encontramos o comparsa de Daniel, para que ele possa responder pelo crime cometido. Vamos dar continuidade às investigações. Pretendemos averiguar se a dupla tem envolvimento em outros roubos”, disse Queiroz.

Daniel foi indiciado por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfd, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Fonte: Pc/Am


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *