- Brasil

Ex-policial civil morto na porta de casa tinha perdido cargo após prisão por tráfico de drogas

Foi enterrado neste domingo (24), em Palmas, o ex-policial civil Amílca Bezerra Leite. Ele foi morto na porta da casa dele na noite de sábado (23). A vítima já foi alvo de duas investigações por envolvimento com tráfico de drogas e perdeu o cargo após ser condenado pela justiça. A motivação do crime ainda está sendo esclarecida pela Delegacia de Homicídios de Palmas.

O ex-policial foi morto no momento em que abria o portão de casa, após ser chamado por uma pessoa não identificada. Segundo testemunhas, o suspeito fugiu em um carro de passeio após disparar vários tiros.

Francisco Amílca Bezerra Leite foi investigado pela Polícia Federal em 2008 por tráfico de drogas internacional durante a operação Face Oculta. O grupo que ele integrava teria movimentado mais de uma tonelada de cocaína da Bolívia para o Brasil.

Na época ele ainda era policial e foi condenado pela Justiça Federal. Ele seria o responsável por dar suporte para a organização criminosa, alertando sobre possíveis operações policiais. Ele chegou a cumprir parte da pena no Paraná, mas conseguiu transferência para o Tocantins até ganhar liberdade.

Em 2013, o ex-policial foi alvo de uma operação da Delegacia de Investigações Criminais da própria Policia Civil. Ele foi preso com um grupo acusado de assalto a bancos e explosões de caixas eletrônicos.

Testemunhas contaram a polícia que durante dois dias antes do crime homens passaram pela casa do ex-policial e bateram no portão procurando pela vítima.

Entenda

O ex-policial civil morreu após ser baleado na porta de casa, na região sul de Palmas. O crime aconteceu por volta das 18h30 deste sábado (23) na quadra 1.006 Sul.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *