- Cidade

Para ajudar bebês prematuros, taxistas fazem transporte gratuito de leite humano em Manaus

Taxistas de Manaus realizam semanalmente um trabalho voluntário que ajuda bebês prematuros. Eles se revezam e, todas as quartas-feiras, fazem o transporte de frascos de vidro contendo leite materno doado. Eles partem das casas de doadoras até o Banco de Leite Humano (BLH) Fesinha Anzoategui, no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), o transporte gratuito começou há oito anos.

“Abraçamos o Projeto Taxista Apoiador do Aleitamento Materno, sem pensar duas vezes. Os colaboradores motoristas se empenham com amor na coleta e entrega de kits de doação de leite materno”, disse o sócio-proprietário da empresa de táxi, Edney Raposo, por meio de assessoria.

Todas as semanas os taxistas voluntários se revezam. A coleta externa no domicílio da doadora é realizada por um taxista e uma profissional técnica de enfermagem, que dá as orientações para a mãe sobre o manejo na extração do leite.

“Essa parceria com os taxistas foi uma vitória. Encontramos pessoas generosas. Com o apoio deles, conseguimos atender todas as mães que estão com os seus recém-nascidos em tratamento nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatais, nas Unidades de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e nas Unidades de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa), de Manaus”, disse a enfermeira Tânia Ramires.

O leite materno doado atende recém-nascidos que estão internados e não podem ser amamentados pelas próprias mães.

O BLH Fesinha Anzoategui funciona desde 3 de agosto de 2010, como uma unidade de saúde de proteção social, oferecendo apoio às mães impossibilitadas de amamentar, sendo ofertado para os recém-nascidos leite humano pasteurizado (que passa por um processo de esterilização, após ser doado). De acordo com a Susam, a unidade já ajudou a salvar a vida de 21.884 crianças, somando mais de 5 mil litros de leite humano pasteurizado arrecadados em doações de 5.439 mães.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *