- Economia

Setor de Duas Rodas do PIM produz mais de 84 mil motos em janeiro de 2019

As fabricantes de motocicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) produziram 84.106 unidades em janeiro de 2019. Foi registrada alta de 3,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando 81.306 motocicletas foram fabricadas. De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), o volume é também 24% superior na comparação com dezembro passado, que teve produção de 67.812 unidades.

Marcos Fermanian, presidente da entidade, afirma que o desempenho reforça a projeção da entidade de crescimento de 4,2% na produção de motocicletas em 2019.

“Hoje, o cenário macroeconômico é bastante favorável: temos inflação sob controle, queda nas taxas de juros e nos índices de inadimplência. Este tripé trouxe de volta às concessionárias o consumidor que deseja uma motocicleta zero quilômetro e com mais recursos tecnológicos e de segurança”, disse Fermanian.

Vendas
O repasse de motocicletas para as concessionárias também manteve a curva ascendente dos últimos meses e registrou alta 13,5% neste início de ano. Em janeiro, as fabricantes enviaram 81.655 unidades para as lojas. Foram 71.967 motocicletas registradas no mesmo mês de 2018. Em relação a dezembro, o aumento foi de 22% (66.915 unidades).

Desempenho por categoria
Entre as categorias de motocicletas mais comercializadas no primeiro mês do ano, a liderança ficou com:

Street: 44.146 unidades (54,1%);
Trail: 15.451 unidades (18,9%);
Motoneta: 12.637 unidades (15,5%);
Scooter: 4.319 unidades (5,3%);
Naked: 2.073 unidades (2,5%).

Exportações
Dados da Abraciclo mostram também que as exportações somaram 4.570 unidades no primeiro mês do ano, correspondendo a uma queda de 44,5% na comparação com janeiro de 2018 (8.227 motocicletas).

O presidente da Abraciclo explicou que o Setor de Duas Rodas também sofre as consequências da crise da Argentina, que era o principal destino das motocicletas produzidas no PIM.

De acordo com dados do portal de estatísticas de comércio exterior Comex Stat analisados pela Abraciclo, os Estados Unidos, com 53,9% de participação (1.224 unidades), transformaram-se no principal destino das motocicletas brasileiras em janeiro. Em seguida ficou a Austrália, com 18,1% do volume exportado (412 unidades), e em terceira posição a Argentina, com 15,3% (348 unidades).

A fabricação nacional de motocicletas é quase totalmente concentrada no Polo Industrial de Manaus, e está entre as oito maiores do mundo.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *