- Esportes

Cejudo se inspira na vitória de Weidman contra Anderson para destronar Johnson

Henry Cejudo estará, pela segunda vez na carreira, diante de Demetrious Johnson, desafiando o campeão dos moscas, sábado, no UFC 227, em Los Angeles (EUA). Derrotado na primeira ocasião, por nocaute técnico, em 2016, “The Messenger” se inspira na histórica vitória de Chris Weidman, contra o então invicto no Ultimate, Anderson Silva, em 2013, para destronar “Mighty Mouse”, autor de 11 defesas de título – marca superior à do brasileiro.

– Vai ser muito especial. Quero o cinturão de Demetrious Johnson e mais ninguém. Quero o cinturão dele! É uma coisa pessoal para mim, muito pessoal. Sei que estou falando com vocês da imprensa, que são brasileiros, mas vocês lembram quando Anderson Silva perdeu para o Chris Weidman? Eu posso chegar a esse nível também. Quero chocar o mundo. Quem conhece Henry Cejudo sabe disso. O mensageiro está pronto! – comparou o americano, que concedeu a entrevista exclusiva o Combate em português fluente.

Medalhista olímpico, Cejudo coloca Demetrious Johnson como o maior lutador de MMA de todos os tempos na modalidade.

– Muita gente me pergunta isso, e eu respondo: ele é o maior da história. Podem falar de Anderson Silva, mas Anderson não tinha wrestling, Anderson não tinha coisas que Demetrious tem. E como lutador, sou sincero e isso me leva a achar o Demetrious Jonhson um monstro. E eu gosto disso! Me motiva muito. Portanto, se vocês querem saber o que eu acho, acho ele (Demetrios Johnson) o melhor da história – argumentou, descontraído.

Como classificar um adversário como o Demetrious Jonhson?

O Johnson é um lutador completo. Ele sabe jiu-jítsu, wrestling e trocação. Então eu, como já o peguei no passado, sei que ele é um lutador completo. E a gente precisa saber da realidade, que ele não é um lutador normal. E eu, como um lutador de alto nível, que tem um ótimo wrestling, reconheço. Isso me motiva demais para lutar contra o Demetrious. Ele é como todos nós aqui, ele também respira, ele também é uma pessoa normal. Tenho habilidades para vencê-lo.

Quais os caminhos para vencê-lo?

Esses são segredos que eu não falo (risos). Não quero falar em segredos, mas sei que eu tenho um plano, preciso seguir e adaptar a ele. São muitas coisas quando a gente luta. Para mim não pode ir errado contra ele. Eu sei que ele é um cara especial, eu aceito isso, mas estou pronto.

O quanto você o estudou para essa luta?

Estudei tudo. O muai thai, o boxe dele, tudo. Com um cara completo como ele, tem que ser assim. E para mim foi o tempo. Eu só tinha três anos lutando e me deram essa luta. Eu não tinha feito muito e lutei com ele. Agora tenho cinco anos no MMA. Estou pronto e fico feliz porque sei que tenho habilidade e coração para fazer história no sábado.

Você acha que os adversários respeitam demais o Demetrious Johnson?

Talvez para os outros, mas não para mim. Eu acredito no que eu tenho e vou mostrar para o mundo. Conheço a mente, o coração e o corpo, por isso acho que tenho habilidade para ganhar. E se ele acha que vai me machucar como na primeira vez, espero que ele pense de novo (risos).

Você dará a revanche imediata a ele, se vencer no sábado?

Claro. Ele é um campeão. Merece todo o respeito do mundo. Se ele quiser lutar de novo, claro.

Você será a maior zebra da história se vencê-lo?

Acho que sim. Principalmente pela maneira como ele luta, como ele age. Ele é muito perigoso. Mas a potência que eu tenho, e o wrestling… Essa vai ser a chave da vitória nessa luta.

O Combate transmite o UFC 227 ao vivo, na íntegra e com exclusividade a partir das 19h (de Brasília) no próximo sábado, direto de Los Angeles (EUA). O Combate.com transmite as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo, e acompanha o restante do evento em Tempo Real. Na sexta-feira, o site acompanha a pesagem matinal em Tempo Real a partir de 13h, e canal e site transmitem a pesagem cerimonial a partir de 20h.

UFC 227
4 de agosto de 2018, em Los Angeles (EUA)
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-galo: TJ Dillashaw x Cody Garbrandt
Peso-mosca: Demetrious Johnson x Henry Cejudo
Peso-pena: Cub Swanson x Renato Moicano
Peso-mosca: Polyana Viana x JJ Aldrich
Peso-médio: Thiago Marreta x Kevin Holland
CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):
Peso-galo: Pedro Munhoz x Brett Johns
Peso-galo: Ricky Simon x Montel Jackson
Peso-pena: Matt Sayles x Sheymon Moraes
Peso-mosca: Alex Perez x José Torres
Peso-galo: Ricardo Carcacinha x Kyung Ho Kang
Peso-palha: Danielle Taylor x Weili Zhang
Peso-pena: Marlon Vera x Wuliji Burenonte

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *