- Esportes

Elogiado por campanha no Brasileirão, elenco do Palmeiras terá mais uma prova contra o Grêmio

Dividir o grupo em duas formações foi a maneira encontrada pela comissão técnica de Felipão para o Palmeiras enfrentar o calendário apertado entre jogos de Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores nos meses de agosto, setembro e início de outubro. Até agora, deu certo.

Pouco mais de dois meses depois da chegada de Felipão, o Verdão parou na semifinal da Copa do Brasil, mas avançou para a semifinal da Libertadores e lidera o Brasileirão. Além da sequência positiva, o treinador fortaleceu o grupo e ganhou opções. A estratégia será novamente testada contra o Grêmio, às 16h deste domingo, no Pacaembu.

– Quando entra em campo, é o Palmeiras. Às vezes, a gente para e pensa: os jogadores que estão jogando no time alternativo, como as pessoas dizem, poderiam estar jogando em diversos times do país. O Palmeiras teve essa possibilidade de montar um grande elenco, e temos que provar para todos, e para nós mesmos, que somos um grande elenco. Só se prova isso com títulos. Estamos buscando isso com um time e com o outro. Os dois são Palmeiras – avaliou o zagueiro Luan, que vem sendo capitão da equipe no Brasileirão.

Quem também vem atuando com mais regularidade é o atacante Hyoran. Desde a estreia de Felipão, o atleta de 25 anos entrou em campo 12 vezes em 19 partidas possíveis, com dois gols marcados.

– O Felipão encontrou um grande grupo, não encontrou dois times. Ele soube usar o elenco da forma que achou que seria melhor. Deu certo. Isso motivou todos os jogadores, todos entraram em campo e puderam mostrar qualidade. Isso vem dando resultado. Não creio que seja time A ou B, um time de Libertadores ou um time de Brasileiro. Mudam algumas peças na Libertadores e no Brasileiro, mas o resultado vem sendo bom – afirmou Hyoran.

Líder do Brasileirão, o Palmeiras enfrenta o Grêmio buscando aumentar a vantagem (cinco pontos: 56 a 51) sobre os tricolores. Mas o elenco será testado mais uma vez, já que Felipão tem quatro desfalques confirmados.

Victor Luis e Felipe Melo estão suspensos com três cartões amarelos. Marcos Rocha, com uma lesão na panturrilha direita, será baixa por até quatro semanas. Miguel Borja, que está com a seleção colombiana, também está fora.

Com efeito suspensivo concedido pelo STJD, Diogo Barbosa voltou a treinar com bola na última sexta-feira, recuperado da pancada no tornozelo que o tirou das partidas contra Colo-Colo e São João Paulo. Mayke também está liberado.

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo

Data e horário: domingo, às 16h (horário de Brasília)

Escalação provável: Weverton; Mayke, Luan (Antônio Carlos), Gustavo Gómez (Edu Dracena) e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Lucas Lima), Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Deyverson.

Desfalques: Marcos Rocha (lesão na panturrilha), Felipe Melo, Victor Luis (suspensos), Miguel Borja (convocado) e Artur (fratura no braço).

Pendurados: Bruno Henrique, Dudu, Gustavo Gómez, Lucas Lima, Marcos Rocha, Mayke, Moisés, Thiago Santos e Willian.

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa) apita a partida, auxiliado por Guilherme Dias Camilo (Fifa) e Sidmar dos Santos Meurer (todos de Minas Gerais).

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *