- Esportes

Inconformado com substituição, meia do Atlético aplica socos no banco de reservas

Tomás Andrade foi uma das novidades do Atlético na partida contra o Flamengo, nesse domingo, no Maracanã, pelo campeonato Brasileiro. O meia argentino, escalado pelo lado direito, foi figura apagada e acabou substituído aos 35 minutos do primeiro tempo, dando lugar ao equatoriano Cazares. Após sair de campo, ‘Tomi’ deu vários socos no banco de reservas e chorou, a ponto de ser contido por alguns companheiros de Galo.

Em seu Instagram, o meio-campista explicou a fúria.Não justifico a minha reação em absoluto, mas foi só esse momento de raiva. Agora já pensando no próximo jogo com alegria”, publicou o armador, que também agradeceu aos torcedores que mandaram mensagens de apoio.

Naquele momento, o Atlético empatava por 1 a 1 com o Flamengo. Os rubro-negros só confirmaram a vitória na etapa final, aos oito minutos, com um gol de cabeça de Lucas Paquetá.

Depois do revés, o técnico Thiago Larghi disse que não viu qualquer ato de indisciplina de Tomás Andrade, de 21 anos. “Não, absolutamente. Acho que o jogador, no calor do jogo e de uma substituição no primeiro tempo, é muita responsabilidade minha. Porque, no calor, é difícil de ele controlar a emoção dele, a expectativa que ele tinha para a partida, ele se preparou e se preparou bem para a partida. Só que, o Trauco, o lado esquerdo do Flamengo, estava funcionando muito bem desde o início do jogo, desde o gol, que surgiu bem no início. Então, a gente entendeu que neutralizando aquele lado, a partida já estava equilibrada, 1 a 1, a gente ia ter chances de virar. De fato tivemos uma chance com o Chará ainda no primeiro tempo, uma boa nas costas da defesa, e consertamos. Mas é uma relação de confiança. O que eu falei pra ele foi assim: calma, confia, é questão tática, não é questão que você estava mal. Não, a gente precisava fortalecer o lado direito da nossa defesa”.

Ao colocar Cazares em campo, no lugar de Tomás Andrade, Larghi deslocou Luan para o lado direito, de modo a reforçar a contenção na faixa ocupada pelos flamenguistas Paquetá e Trauco.

As imagens da reação de Tomás Andrade logo viralizaram na internet e dividiram a opinião do torcedor do Atlético nas redes sociais. Parte entendeu que, mesmo diante da má atuação do meia argentino, Larghi poderia ter esperado o intervalo para fazer a mudança. Outra parte concordou com a alteração devido ao mau desempenho do gringo no Maracanã.Essa foi a 29ª partida de Tomás Andrade com a camisa do Atlético, a 12ª na condição de titular. No Campeonato Brasileiro, foi sua 15ª participação, a sétima entre os 11 iniciais de Larghi. O argentino marcou três gols pelo Galo, todos nesta edição da Série A.

O meio-campista de 21 anos está emprestado ao Galo pelo River Plate da Argentina até dezembro deste ano. Os direitos estão fixados em 3,75 milhões de euros (R$ 14,9 milhões).

Fonte: Superesporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *