- Esportes

Khabib ameaça romper contrato com UFC se companheiro for demitido por briga com McGregor

A briga generalizada após o fim do UFC 229, no último sábado (6), ainda não terminou. Por intermédio de sua conta no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), Khabib Nurmagomedov ameaçou quebrar seu contrato com o Ultimate se a empresa demitir Zubaira Tukhugov, companheiro de equipe do russo e um dos presos após a confusão no evento em Las Vegas (EUA).

O campeão peso-leve (70 kg) fez duras críticas à organização por cancelar a luta entre Zubaira Tukhugov e Artem Lobov — companheiro de treino de Conor McGregor, derrotado por Khabib no combate da semana passada —, marcada para o UFC Moncton, no próximo dia 27. Nurmagomedov insinuou que o Ultimate pretende demitir Zubaira por ter entrado no cage e agredido o irlandês durante a briga. ‘Eagle’ cobrou que, para punir os partícipes da confusão, o UFC utilize os mesmos critérios do ataque ao ônibus dos lutadores na semana do UFC 223, em abril, protagonizado pela equipe de McGregor. Naquela oportunidade, Lobov, que estava com Conor na invasão aos bastidores do evento, teve apenas sua luta cancelada.

Embora tenha sido o primeiro a iniciar atos violentos no show em Las Vegas, Khabib também negou ter começado a briga, responsabilizando as provocações de Conor por todo o confronto. Por fim, afirmou que vai romper seu vínculo com o Ultimate se Tukhugov for demitido e afirmou que a organização pode ficar com a bolsa pela luta, que está retida pela Comissão Atlética de Nevada.

Confira a íntegra da nota publicada por Nurmagomedov:
Gostaria de falar ao UFC. Por que vocês não demitiram ninguém quando a equipe deles atacou o ônibus e feriu várias pessoas? Eles poderiam ter matado alguém ali. Por que ninguém diz nada quando insultam minha terra natal, minha religião, minha nação, minha família?
Por que vocês têm de punir minha equipe, quando os dois times brigaram? Se você disser que eu comecei, não vou concordar. Eu terminei o que ele começou.
De qualquer forma, puna a mim. Zubaira Tukhugov não tem nada a ver com isso. Se vocês acham que eu vou ficar calado, vocês estão errados. Vocês cancelaram a luta do Zubaira e querem demiti-lo só porque ele bateu em Conor. Mas não esqueçam de que foi Conor quem bateu em meu outro irmão PRIMEIRO, vejam o vídeo.
Se vocês decidirem demiti-lo, vocês devem saber que vão me perder também. Nunca abandonamos nossos irmãos na Rússia e vou até o fim por meu irmão. Se você ainda assim decidir demiti-lo, não esqueça de me mandar meu contrato rompido. Do contrário, eu mesmo vou romper.
E mais uma coisa: vocês podem ficar com o meu dinheiro que vocês estão segurando. Vocês estão ocupados demais com isso. Espero que
não fique entalado na garganta de vocês. Defendemos nossa honra e isso é o mais importante. Pretendemos ir até o fim. #Irmãos

Fonte: Msn


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *