- Esportes

Mirando o Parapan, prudentino participa de Internacional de Parabadminton

Os próximos cinco dias não serão dias comuns para o paratleta prudentino Rogério Júnior Xavier de Oliveira, de 17 anos. Neste período, ele participa do 2º Brasil Internacional de Parabadminton. A competição começa nesta terça-feira (7) e vai até domingo (12), no Centro Paralímpico Imigrantes, na Zona Sul de São Paulo.

A participação no evento na capital paulista é a quinta experiência internacional na carreira do prudentino, que terá a chance de enfrentar competidores que se destacam no cenário mundial da modalidade. Além do desafio diante de paratletas de alto nível, Rogério tem pela frente outros objetivos: somar pontos e garantir vaga para duas competições importantes, o Parapan-Americano, que será disputado em Lima, no Peru, em 2019, e para os Jogos Paralímpicos de 2020.

– Vem agregar para a carreira do Rogério, que está se acostumando com competições internacionais. Esta será a quinta dele. Desta vez, ele tem a possibilidade de competir com japoneses, um indiano, alemães, em uma competição com nível elevado. Vai exigir muito dele o torneio, em todos os aspectos, mas acreditamos que tem total condições de subir ao pódio – disse o orientador de esportes Clóvis França Bressanin, da equipe do Sesi de Prudente, que acompanha Rogério em São Paulo.

No 2º Internacional, Rogério participa em três categorias: no individual, duplas mistas (ao lado de uma competidora escocesa) e duplas masculinas (ao lado de outro paratleta brasileiro).

Antes das disputas começarem nas quadras, Rogério participa de um intercâmbio, dentro do cronograma da competição, com técnicos espanhóis e atletas de vários países, como Polônia, Colômbia, Bolívia, Chile, Espanha, Estados Unidos e Escócia.

– É como se fosse um treino entre atletas de diferentes países. Eles aproveitam para se conhecer, aprender novas formas de treinar, novas táticas e também para quebrar o gelo da competição – explicou ainda Clóvis.

Atualmente, Rogério é o primeiro colocado no ranking da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd), na categoria individual SL-4 (deficiência em uma das pernas), e o 11º no ranking mundial.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *