- Esportes

Reforços do Fluminense levam entrosamento da Seleção de base para vingar nas Laranjeiras

O Fluminense foi palco de reencontro para três reforços que dão esperanças à torcida para a temporada: Allan, Caio Henrique e Léo Santos. O trio, que desembarcou nas Laranjeiras em 2019, reedita uma parceria que começou nas divisões de base da seleção brasileira.

Os três jogadores foram convocados pelo então técnico do sub-20, Rogerio Micale, para o Sul-Americano da categoria em 2017. Caio Henrique, inclusive, não só foi titular como usou a braçadeira de capitão durante o torneio.

– Foi bem legal, uma experiência única participar do Sul-Americano. Não paramos muito para comentar sobre isso, mas é bem legal estarmos juntos outra vez. Futebol tem disso, esses reencontros. Tem tudo pra dar certo – disse o volante.

Em campo, o resultado não foi positivo. O Brasil até começou bem no torneio e chegou à penúltima rodada com chances de título, mas empatou nos últimos dois jogos e ficou fora do Mundial da categoria. A campeã do Sul-Americano daquele ano foi a seleção uruguaia.

O trio não ficou com a taça, mas levou experiências que, agora, podem servir ao Fluminense. Todos já ganharam ao menos uma chance no time neste início de temporada. Até o zagueiro Léo Santos, que chegou na última quarta-feira e foi titular dois dias depois, contra o Resende, graças à suspensão de Digão.

Já Caio Henrique, mesmo com a concorrência de Airton, começa o ano como um dos principais jogadores deste início de trabalho de Fernando Diniz. Volante mais recuado, o camisa 19 tem média de mais de 40 passes por jogo e fez um gol. Ele avalia como positivo o começo nas Laranjeiras.

– A adaptação foi muito boa e rápida. O estilo de jogo do Diniz se encaixa bastante com o meu jogo, com como gosto de atuar. É um estilo que mantém bastante a posse de bola e isso facilita bastante o meu jogo. Estou muito feliz – completou Caio.

Dois jogadores do Fluminense foram convocados para o Sul-Americano Sub-20 de 2017: Richarlison e Douglas, hoje no Everton-ING e no Bahia, respectivamente. Richarlison foi titular, mas Douglas acabou sendo cortado antes da competição, por lesão, e deu lugar justamente a Allan, hoje emprestado ao Tricolor.

Depois de dar folga ao elenco no domingo de Carnaval, o Fluminense treina na manhã desta segunda-feira, no CTPA. Será o primeiro trabalho com foco total no duelo contra o Ypiranga-RS, pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *