- Esportes

Titulares do Grêmio têm mais minutos e lesões do que o Flamengo em 2018; compare

O duelo que inicia as quartas de final da Copa do Brasil é também o confronto de estratégias um pouco diferentes nesta temporada. Renato Portaluppi defende abertamente o rodízio em rodadas no Campeonato Brasileiro, enquanto o Flamengo rodou menos o time na competição nacional. Na temporada, porém, há equilíbrio e uma aparente surpresa: os 11 prováveis titulares dos gaúchos estiveram em campo por mais minutos neste ano do que a equipe rubro-negra.

O levantamento do GloboEsporte.com, que usou como base os dados do site “O Gol”, pegou os prováveis 11 titulares de Renato e de Barbieri. A “vantagem” é do gremista. Seus 11 comandados que devem iniciar a partida desta quarta somam 24.910 minutos entre Estadual, Copa do Brasil e Libertadores. São exatos 1.004 minutos a mais que os eleitos por Barbieri para começar a partida na Arena (total de 23.906 minutos).

A alta minutagem das duas equipes pode ser vista também no número de lesões. O Grêmio, com maior frequência de uso de titulares na temporada, teve 32 contusões na temporada. O Rubro-Negro a metade, contando com a de Guerrero, informada pela assessoria de imprensa do clube na véspera da viagem para Porto Alegre. Confira a lista completa mais abaixo.

A estratégia dos dois treinadores têm sido diferente no Brasileiro. E o discurso também. Barbieri tem sete atletas (Rodinei, Renê, Diego Alves, Léo Duarte, Paquetá, Éverton Ribeiro e Diego) com mais de 1000 minutos na Série A de 2018. Renato, cinco (Marcelo Grohe, André, Bressan, Everton e Cortez), sendo que um deles é reserva (o ex-rubro-negro Bressan).

Flamengo investe na recuperação

O Rubro-Negro investe na recuperação e na prevenção de lesões, monitorando cargas de treinos e preferindo prolongar recuperações e fazer menos viagens. Esta semana, por exemplo, vai ficar de terça a domingo treinando em Porto Alegre. Quando for a Minas Gerais enfrentar o Cruzeiro também vai passar a semana em Belo Horizonte para se preparar para o duelo com o América-MG. Apesar de toda a preparação, Barbieri deve fazer algumas mudanças para o duelo com o Grêmio do próximo fim de semana.

– A sequência é difícil, o próprio Renato (Gaúcho) frisou essa semana que os jogadores não são robôs, e compartilhamos dessa opinião. Vamos analisar os jogadores jogo a jogo para saber se precisamos preservar ou dar sequência. Estamos nos preparando para isso há um bom tempo, com controle de lesão, análise da carga de trabalho e os resultados são satisfatórios. Temos conseguido achar um equilíbrio bom – afirmou Barbieri.

Maratona gremista

O Grêmio se vê em meio a uma exaustiva maratona de jogos. Serão nove partidas somente em agosto, sem semanas livres para treinamento. Por tudo isso, a prioridade ficará total para as partidas em mata-mata, assim como foi nos últimos dois anos. A estratégia, aliás, se mostrou bem sucedida, com conquistas na Copa do Brasil de 2016 e Libertadores no ano passado.

Nesse cenário, Renato seguirá com o rodízio em alguns jogos do Brasileirão para evitar desgaste. Ao ser questionado sobre a comparação com o Flamengo, o treinador utilizou a logística para explicar o uso de reservas contra a Chapecoense.

– Há dois anos falo a mesma coisa, o jogador não é robô, de vez em quando tem que descansar para termos uma equipe inteira. Cada clube toma a sua decisão, a minha é essa. Querem que eu faça o quê, milagre? Vai continuar jogando uma equipe na Copa do Brasil e outra no Brasileirão. (O Flamengo) colocou hoje (domingo) a equipe principal no Maracanã contra o Sport. É mole, problema nenhum. Queria ver se o jogo fosse em Recife. Mas não tenho nada a ver com o Flamengo – comenta Renato.

Para duelo com o Fla, Renato terá força máxima. De olho no Rubro-Negro, Bruno Cortez e Léo Moura foram preservados dos últimos jogos, enquanto Everton se recuperou de uma conjuntivite.

Marcelo Grohe 33 jogos / 3000 minutos
Léo Moura 21 jogos / 1572 minutos
Geromel 22 jogos / 2010 minutos
Kannemann 29 jogos / 2612 minutos
Bruno Cortez 31 jogos / 2802 minutos
Maicon 27 jogos / 2207 minutos
Cícero 27 jogos / 1884 minutos
Ramiro 27 jogos / 2341 minutos
Luan 27 jogos / 2435 minutos
Everton 30 jogos / 2625 minutos
André 19 jogos 1422 minutos / Jael 24 jogos 1292 minutos
Total do Grêmio: 24.910 minutos

Diego Alves 29 jogos / 2610 minutos
Rodinei 33 jogos / 2774 minutos
Réver 21 jogos / 1786 minutos
Léo Duarte 24 jogos / 2014 minutos
Renê 34 jogos / 2987 minutos
Cuéllar 29 jogos / 2239 minutos
Paquetá 33 jogos / 2799 minutos
Diego 26 jogos / 2280 minutos
Éverton Ribeiro 29 jogos / 2333 minutos
Marlos 18 jogos / 461 minutos
Uribe 28 jogos / 1623 minutos*
Total do Flamengo: 23.906 minutos

Lista de jogadores que sofreram lesões no Grêmio em 2018

Bressan, Lima, Alisson, Hernane, Ramiro, Maicon, Léo Moura, Marcelo Oliveira, Michel, Alisson (2ª vez), Everton, Arthur, Léo Moura (2ª vez), Jael, Paulo Miranda, Léo Moura (3ª vez), Thonny Anderson, Luan, Hernane (2ª vez), Vico, Michel (2ª vez), Marcelo Oliveira (2ª vez), Maicon (2ª vez), Maicosuel, Luan (2ª vez), Léo Moura (4ª vez), Bruno Grassi, Jael (2ª vez), Madson, Rodrigo Ancheta, Anderson Jesus, Felipe.

Lista de jogadores que sofreram lesões no Flamengo em 2018

Juan, Arão, Réver, Rhodolfo, Felipe Vizeu, Diego, Juan (2ª vez), Pará, Diego (2ª vez), Juan (3ª vez), Réver (2ª vez), Geuvânio, Rhodolfo (2ª vez), Diego (3ª vez), Marlos, Guerrero.

Fonte: Globo Esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *