- Famosos

Zilu chamaria o ex-marido, Zezé, para cantar em novo casamento: ‘Sem problema’

Zilu Camargo não esconde o desejo de se casar novamente. Atualmente namorando com Marco Augusto Ruggiero, a socialite contou em entrevista ao youtuber Matheus Mazzafera que gostaria de subir ao altar com o fotógrafo. “Eu faria tudo de novo. Não tenho esse problema comigo. Hoje eu namoro uma pessoa e ele nunca viveu isso. Nunca casou. Se é a vontade dele e a gente for pra esses caminhos, então vamos casar”, disse. Perguntada se convidaria o ex-marido, Zezé, – de quem mantém o sobrenome – para cantar na cerimônia, a apresentadora afirma: “Sem problema nenhum. Se topar”.

‘EU AMO!’, DIZ ZILU SOBRE A MÚSICA ‘É O AMOR’
Em 2016, Zezé gerou polêmica ao declarar nas redes sociais que a música “É o amor” não teria sido feita para Zilu. “Foi uma inspiração de Deus. Jamais fiz pensando em alguém. Não sei de onde tiraram isso”, explicou o cantor, agora noivo da jornalista Graciele Lacerda. “Eu amo! É a música que me deu tudo, quem eu sou hoje, o que os meus filhos são e a vida que a gente teve e tem é graças a essa música. Graças a inspiração que o Zezé teve”, exaltou a socialite. Aos 60 anos de idade, a loira recordou que Wanessa foi a filha que lhe deu mais trabalho: “Ela me deixou com todos os cabelos brancos, mas hoje é uma boa filha, boa esposa e ótima mãe. Tudo valeu a pena. Não fica chateada comigo, mas você foi a única que me deu problema e eu quase enlouquecei. Hoje estamos aí amigas”.

EX-CASAL VENDEU ALIANÇA DE CASAMENTO PARA COMER: ‘NÃO TINHA OUTRA SAÍDA’
No bate-papo com o stylist, Zilu também recordou da época humilde da sua vida, quando precisou vender as alianças do seu casamento com o sertanejo para ter o que comer. “É verdade. A gente estava naquela fase que o dinheiro não vinha de lugar nenhum. Os pais dele não tinham como me ajudar, eu muito orgulhosa, não quis pedir dinheiro pros meus pais. Tinha um casal que era enlouquecido pelas nossas alianças e na hora que me vi na situação não tinha outra saída. Catei o par de alianças, fui até a frutaria, que vendiam de tudo, e perguntei: ‘O que você me dá em troca?’. Ele falou: ‘Você pode pegar durante três meses o que você quiser aqui’. A Wanessa era bebê e eu estava de licença maternidade. Wanessa nasceu pobre. O berço dela era uma piada, uma coisa horrível”.

Fonte: Purepeople


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *