- Política

O cerco a Alckmin marca reta final das pré-campanhas

Na reta final para a definição das candidaturas na corrida presidencial, o tucano Geraldo Alckmin (PSDB) participa nesta segunda-feira do tradicional programa de entrevistas Roda Vida, da TV Cultura. Ele é o penúltimo pré-candidato a ser entrevistado. Na semana que vem Jair Bolsonaro (PSL) fecha o ciclo.

Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções que escolhem seus candidatos ao Planalto e até o dia 15 para apresentar o registro de candidatura, já com coligação e chapa formada. Nas próximas semanas, portanto, a corrida é para definir aliados e apresentar os vices.

A entrevista desta segunda-feira deve antecipar como Alckmin pretende responder aos ataques por ter se associado aos partidos do Centrão, grupo de legendas médias e fisiológicas que ditam o ritmo do Congresso. Ao fechar a aliança, na semana passada, Alckmin foi o grande vitorioso desta pré-campanha, garantindo tempo de TV e capilaridade regional. Mas terá que responder por isso, mesmo que os ataques venham de candidatos que fizeram de tudo para tentar eles mesmos se associar ao bloco. Neste fim de semana, ao confirmar sua candidatura, Bolsonaro afirmou que Alckmin “reuniu a nata de tudo que não presta”.

Os próximos dias devem trazer definições importantes, como com quem fica o PSB e o DEM, que flertam com Ciro Gomes (PDT) e Alckmin. Bolsonaro ficará mesmo sozinho e com apenas sete segundos de tempo de TV? Marina Silva, Rede, também vai para uma campanha brancaleônica? O PMDB vaticinará a campanha de Henrique Meirelles em convenção no dia 2? O PT fechará de fato com o PROS? O PC do B vai com Manuela d’Ávila ou deve selar apoio ao PT? O jornal Folha de S. Paulo afirma, na edição desta segunda-feira, que até mesmo Joaquim Barbosa (PSB) pode voltar à disputa.

A principal dúvida da campanha, porém, não será respondida até o dia 15: Lula terá de fato a candidatura vetada? Em que momento? Na semana passada o Tribunal Superior Eleitoral negou liminarmente uma pedido para declarar Lula como inelegível antes mesmo de Lula entrar com pedido de registro. Faltam 76 dias para o primeiro turno da eleição, no dia 7 de outubro.

Fonte: Exame


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *