- Brasil

Escolas do Piauí devem exigir passaporte da vacina contra Covid para alunos na volta às aulas presenciais, diz COE

A diretora da Gerência Estadual de Vigilância Sanitária, Tatiana Chaves, destacou que o Comitê de Operações Emergenciais do Piauí (COE-PI) aprovou, na terça-feira (11), o retorno presencial obrigatório de aulas para as redes pública e privada de ensino em 2022, mas que as escolas devem exigir o passaporte da vacina contra a Covid-19 para todos os alunos. Ela destaca que, atualmente, a medida vale para os discentes com mais de 12 anos, no entanto, assim que os menores tiverem as vacinas disponibilizadas também deverão entrar na obrigatoriedade.

Além da exigência do passaporte vacinal, as escolas deverão continuar com as medidas sanitárias para evitar a disseminação da doença e exigir o uso de máscaras.

Chaves afirma que o COE autorizou as aulas presenciais para todos os níveis do pré-escolar até os superiores e que os alunos devem apresentar a carteira de vacinação para que a escola tenha esse controle das doses de cada aluno.

Ela disse que nestes casos excepcionais, a escola e a família discutem entre si como devem proceder com aquele determinado aluno e vale especificamente para os que têm comorbidades, deficiência permanente ou contaminados, que não podem ir à escola.

“A escola deve acolher esse aluno e oferecer as necessidades de acordo com as especificidades de cada discente”, finalizou Tatiana Chaves.

Fonte: G1

 


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *