- Brasil

Família de maquinista morto em acidente em São Cristóvão chega ao IML

Familiares do maquinista Rodrigo Assunção, que morreu no acidente envolvendo dois trens na estação de São Cristóvão, nesta quarta-feira (27), chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) do Rio para fazer o reconhecimento do corpo da vítima por volta das 9h desta quinta (28).

A mulher de Rodrigo chegou ao local acompanhada de um dos filhos do casal, um outro parente e um representante da SuperVia. Muito abalados, eles não quiseram falar com a imprensa.

O acidente com o maquinista ocorreu às 6h55 e deixou outras oito pessoas levemente feridas. Rodrigo ficou mais de 7 horas preso entre as ferragens de uma das composições. Ele conduzia um trem de passageiros que saiu do Centro do Rio em direção a Deodoro e se chocou com uma composição de serviço que estava na mesma linha férrea.Rodrigo era funcionário da SuperVia desde 2011. Nos últimos cinco anos, atuou como maquinista. Ele morreu após sofrer uma parada cardíaca quase sete horas depois do acidente. Os bombeiros tentaram reanimar Rodrigo por quase 40 minutos ainda na estação, mas ele não resistiu. Mais de 20 homens participaram da operação.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *