- Brasil

Governo do RJ anuncia rompimento com Consórcio, que tem até dia 19 para deixar o Maracanã

O Maracanã está novamente nas mãos da Prefeitura do Rio de Janeiro. O governador Wilson Witzel anunciou, nesta segunda-feira, que a concessão do Maracanã foi cancelada, e a empresa que administra o estádio tem até o dia 19 de abril para deixar o local. O mandatário alegou que existe uma dívida da concessionário com o Estado desde maio de 2017.

Além de Witzel, o vice-governador Claudio Castro e os secretários de Estado da Casa Civil e Governança, José Luis Zamith, e do Esporte, Lazer e Juventude, Felipe Bournier, concederam entrevista coletiva. A decisão indica que o Maracanã passará a ser administrado pelos clubes em conjunto com a Prefeitura. Flamengo e Fluminense tinham contratos em vigor no estádio.

– Estamos retomando o Maracanã, sem qualquer prejuízo das partidas de futebol ou aos clubes. Vamos nos próximos 30 dias ter uma intervenção no Maracanã, por meio da secretaria e da Suderj, com uma comissão que estou constituindo, para fazer uma retomada. Estaremos modulando uma permissão de uso até que façamos então uma nova concessão por meio de parceria público privada – declarou Witzel.

Espaços como Célio de Barros e Museu do Índio deverão ser mantidos pelo Governo, que também deseja fazer um espaço comercial próximo a estação da Supervia. Além disso, Witzel garantiu que os jogos da Copa América já agendados irão acontecer no Maracanã.

Fonte: Msn


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *