- Brasil

Homem é morto com tiro na cabeça em assalto a República de estudantes

Um homem de 30 anos foi morto com um tiro na cabeça durante um assalto a uma república de estudantes no Butantã, Zona Oeste de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (19). Dois homens e uma mulher foram presos por policiais militares por suspeita de participação no latrocínio.

Mais pessoas que estavam no imóvel ficaram feridas durante o assalto , segundo informações preliminares da Polícia Civil e da Polícia Militar (PM).

Segundo a PM, a vítima fatal, Daniel, estava dormindo quando a república onde mora foi invadida por dois homens e uma mulher. Os bandidos entraram na república com outro estudante que havia sido vítima de um sequestro relâmpago momentos antes. Daniel e os outros estudantes acordaram com o barulho. Ainda segundo a PM, Daniel pegou uma faca de cozinha e foi para cima dos criminosos, quando foi baleado e morto.

Antes de entrarem na república, os suspeitos pararam na rua Jonas Herculano Aquino, renderam um rapaz que tinha acabado de estacionar o carro. Com as senhas do celular do rapaz, os bandidos roubaram cerca de R$ 2 mil.

O carro roubado de uma das vítimas, um Hyundai HB 20, foi queimado e encontrado pela PM na Rua Rafik El Takashi. Tanto os suspeitos quanto o veículo foram levados à delegacia que investigará o caso.

“Ainda não temos o nome da vítima. Parece que mais 15 pessoas que estavam no imóvel ficaram feridas na ação criminosa”, falou nesta manhã ao G1 o delegado Lupércio Dimov, titular do 51º Distrito Policial (DP), no Butantã, onde o caso será registrado.

“Também não sabemos a gravidade desses ferimentos e se todas as vítimas eram estudantes e onde estudavam. Estamos apurando”, afirmou Dimov.

De acordo com a PM, o latrocínio ocorreu por volta das 4h30 na Rua Jonas Herculano Aquino, no Butantã.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *