- Brasil

Ministério da Ciência e Tecnologia divulga lista dos candidatos para cargo de novo diretor do Inpe

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou nesta quinta-feira (16) a lista dos candidatos inscritos no programa de seleção para o cargo de diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

As nove inscrições foram homologadas pela comissão de seleção e as identidades foram reveladas pelo ministério nesta quinta-feira. A próxima etapa do processo consiste nas apresentações dos planos de gestão, além de entrevistas individuais com os candidatos.

A partir dos nomes dos inscritos será formada uma lista tríplice que será encaminhada ao ministro Marcos Pontes para escolha do novo diretor.

Veja os inscritos:

  • Augusto José Pereira Filho;
  • Cleber Souza Corrêa;
  • Clezio Marcos De Nardin;
  • Darcton Policarpo Damião;
  • Gilberto Câmara Neto;
  • Luís Eduardo Antunes Vieira;
  • Nilson Gabas Júnior;
  • René Nardi Rezende;
  • Victor Pellegrini Mammana.

O cargo de diretor é ocupado interinamente por Darcton Policarpo Damião desde agosto. Darcton, que está entre os postulantes ao cargo, substituiu Ricardo Galvão, que foi demitido por reagir a críticas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que acusou a equipe de pesquisadores do Inpe de mentir sobre dados do desmatamento da Amazônia.

Nesta semana, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações anunciou uma reestruturação no Inpe em meio à uma polêmica sobre a exoneração de Lubia Vinhas, responsável por monitorar o desmatamento na Amazônia.

A exoneração de Lubia ocorreu três dias depois de o Inpe divulgar que a Amazônia sofreu o maior desmatamento para um mês de junho em cinco anos. O departamento que ela dirigia monitora o desmatamento por meio de indicadores como o Deter, Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real.

O ministro Marcos Pontes classificou o caso como mal-entendido e afirmou que a exoneração não tem relação com alertas sobre desmatamento na Amazônia. Darcton afirmou que ela assumirá a Base de Informações Georreferenciadas, área que, segundo ele, é um projeto estratégico.

No mesmo dia do anúncio da reestruturação, Darcton Damião também foi perguntado sobre a carta, assinada por técnicos do Inpe, que afirma que existe no instituto uma estrutura paralela, que opera, governa e decide sobre o Inpe aos moldes das estruturas militares.

Os técnicos disseram que o atual diretor interino pode usar essa estrutura paralela para promover a construção de seu plano de trabalho, o que lhe dá clara vantagem sobre os outros postulantes ao cargo de diretor. Darcton negou que exista uma estrutura que o favoreça.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *