- Brasil

Morre mais uma paciente transferida do Hospital Federal de Bonsucesso

Uma mulher de 61 anos, que estava internada no Hospital Federal de Bonsucesso e havia sido levada ao Centro de Emergência Regional do Leblon (CER-Leblon), morreu por volta das 22h30 deste domingo (1º).

Com ela, o número de pacientes do hospital que morreram depois do incêndio que destruiu parte da unidade chega a oito – três no próprio hospital e outros cinco transferidos.

Na noite de sexta-feira (30), foi confirmada a quinta morte: um homem de 70 anos, que estava em estado grave. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari.

Veja quem são as vítimas do incêndio:

Marcos Paulo Luiz, de 39 anos
Núbia Rodrigues, de 42 anos
Mulher, de 83 anos, ainda não identificada
Mulher, 73 anos, ainda não identificada
Homem, 70 anos, ainda não identificado
Menina de 1 ano, ainda não identificada
Homem de 93 anos, ainda não identificado
Mulher de 61 anos, ainda não identificada
Uma fila se formou na manhã desta terça-feira (3) em frente ao Hospital de Bonsucesso. Alguns foram ao local para buscar pertences de parentes que estavam internaos na unidade, mas a maioria queria informações sobre consultas e exames já marcados.

“Precisava fazer troca de sonda hoje, mas ainda não consegui. O pessoal do hospital não entrou em contato e não sei como a situação vai ficar”, disse a aposentada Maria do Carmo.

Reabertura
Na manhã de segunda-feira (2), funcionários protestaram na porta da unidade pedindo a reabertura. Eles gritaram palavras de ordem e erguiam cartazes pedindo a volta do atendimento à população.

Após o ato, o Ministério da Saúde informou que quatro alas do Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, serão reabertas para atendimento ambulatorial e exames. Os prédios 3, 4, 5 e 6 devem voltar a funcionar nesta quarta-feira (4).

Segundo o Ministério da Saúde, os pacientes que tiveram consultas suspensas vão receber informações do hospital para remarcar os atendimentos.

Ainda não há informações sobre o que causou o incêndio — a perícia continua sendo feita na unidade pela Polícia Federal.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *