- Brasil

Mulher de 105 anos está entre os idosos que venceram surto de Covid em casa de repouso de Pirajuí

Uma idosa de 105 anos está entre os moradores de uma casa de repouso que superaram um surto de Covid-19 na instituição. Trinta e dois idosos atendidos no local foram diagnosticados com a doença, além de 14 funcionários.

Dos 32 assistidos contaminados, 14 receberam alta hospitalar na última sexta-feira (22), entre eles a Maximiana Alves Barreto Camargo, que é natural do estado da Bahia e vive no Hospital Lar Irmã Dulce. A superação da idosa de 105 anos, carinhosamente chamada de Dona Massu, emocionou a equipe da instituição.

No pequeno corredor que ela percorreu ao deixar a ala onde estava isolada, os funcionários fizeram questão de cantar parabéns para idosa para simbolizar um recomeço após vencer a Covid. Também sob os aplausos de funcionários e em clima de emoção, outros 13 dos 32 idosos infectados deixaram o isolamento onde ficaram por 14 dias lutando para vencer a Covid-19.

Ainda segundo a diretora, todos os idosos estão bem e já retomaram suas atividades neste fim de semana.

“Todos voltaram às atividades de rotina, aos quartos de origem, já estão fazendo as refeições com os demais e o mais importante é que não apresentaram nenhuma sequela.”

A expectativa é que nesta segunda-feira (25), outros 11 idosos deixem o isolamento, com os demais saindo durante o decorrer da semana.

Dos 14 funcionários que também tiveram diagnósticos positivos, três deles já deixaram o isolamento curados. Ainda segundo Milena, os demais funcionários infectados estão isolados em casa, assintomáticos, e a maioria deles perto de encerrar a quarentena sem complicações.

Segundo a direção do abrigo, os internos que testaram positivo para a Covid-19 foram isolados e internados na própria instituição, que possui estrutura de hospital, com equipe médica e funcionários da área.

O primeiro abrigado que testou positivo foi um homem de 85 anos, no último dia 8 de janeiro. A direção do lar acredita que o idoso teve contato com o vírus por meio de funcionários.

Depois do primeiro resultado positivo, o hospital realizou uma varredura e testou 96 pacientes, chegando ao resultado de 32 casos confirmados.

Desde o início da pandemia o lar não está recebendo visitas externas e as atividades com idosos foram suspensas para evitar aglomeração.

A Secretaria de Saúde de Pirajuí informou que o lar está sendo monitorado periodicamente pelas equipes da Vigilância Epidemiológica do município.

Esta é a segunda instituição do tipo na cidade atingida por surto durante a atual pandemia. No ano passado, pelo menos dois idosos morreram durante um surto de coronavírus registrado no Asilo São Vicente de Paulo.

Para minimizar o risco de infecção pela Covid-19 na instituição, mais de 100 profissionais que trabalham no local já receberam a primeira dose da vacina CoronaVac na quinta (21) e na sexta-feira (22).

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *