- Brasil

PM resgata menino de 3 anos mantido nu dentro de barril em SP

A Polícia Militar (PM) de São Paulo resgatou na noite desta quinta-feira (25) um menino de 3 anos que era mantido nu, sem alimentação e sem água dentro de um barril no bairro do Itaim Paulista, Zona Leste de São Paulo. A mãe da criança, de 20 anos, e outra mulher, de 44, foram presas em flagrante e acabaram indiciadas pelos crimes de sequestro, cárcere privado e tortura, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A PM localizou o menino e prendeu as mulheres depois de ter sido procurada pelo Conselho Tutelar. O órgão havia recebido uma denúncia por meio de um vídeo que circula nas redes sociais. As imagens mostram o menino sem roupas, coberto por panos, deitado dentro da metade de um barril de plástico virado para a parede de uma casa (veja acima).

Policiais militares e conselheiros tutelares foram juntos ao local. A mãe da criança abriu a porta da residência para eles. Ao entrarem, encontraram uma cadeira de rodas infantil perto de um barril voltado à parede. Dentro dele estava o menino.

A mãe da criança e outra mulher foram levadas ao 50º Distrito Policial (DP), no Itaim Paulista, onde foram autuadas pelos crimes. A reportagem não conseguiu localizar a defesa delas para comentar o assunto. A Polícia Civil pediu à Justiça a prisão preventiva das mulheres.

Os policiais investigam por quais motivos o menino era mantido dentro do barril. A criança teria necessidades especiais. Até a última atualização desta reportagem a polícia não havia informado quais eram essas necessidades. Também não havia confirmação se a cadeira de rodas que estava no local é do menino.

A polícia também tenta identificar quem filmou a criança no vídeo que chegou ao Conselho Tutelar. Na filmagem, um homem se aproxima do barril, o abre, e mostra o menino. Em seguida, ele diz a criança: “Vai dormir”. Depois fecha o barril.

Inicialmente, o menino foi para a delegacia. Depois, ele seguiu para um hospital, onde recebeu atendimento médico e foi constatado que estava subnutrido. Por último, o garoto ficou com o Conselho Tutelar.

Outros casos
Essa foi a segunda ocorrência de maus-tratos atendidas pela Polícia Militar neste mês de fevereiro na Zona Leste da capital paulista. No dia 6, uma criança de dois anos foi encontrada amarrada e sozinha em uma casa na região de Cidade Líder.

A PM também chegou ao local após denúncia anônima informando que a criança chorava muito em casa.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *