- Brasil

Polícia identifica homem que morreu após ser atingido por botijão jogado de prédio

A Polícia Civil identificou como Pedro de Brito Lima o homem que morreu após ser atingido por um botijão de gás jogado de um prédio em Copacabana, Zona Sul da cidade, na segunda-feira (12) .

Nesta quarta-feira (14), a polícia informou que analisaria as digitais da vítima para tentar descobrir seu nome. O procedimento precisa ser feito quando nenhum familiar é encontrado para fazer o reconhecimento o corpo.
Até então, só se sabia que a vítima era um vendedor de frutas que trabalhava em Copacabana e era popularmente conhecido como Tronco.

O corpo de Pedro ainda estava no Instituto Médico Legal até a manhã desta quinta-feira (15).Prisão em flagrante
O caso aconteceu na Rua Aires Saldanha, em Copacabana, na Zona Sul, na tarde desta segunda-feira (12).

O homem que arremessou o botijão é o pedreiro Venílson da Silva, de 33 anos. Ele foi preso em flagrante e indiciado por homicídio doloso — quando a pessoa tem a intenção ou assume o risco de matar.

A irmã de Venílson disse à polícia que ele sofre de problemas mentais e que está em tratamento. A versão foi confirmada por duas outras pessoas que se apresentaram na delegacia como patrões de Venílson.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *