- Cidade

Acidente entre carro de delivery de açaí e ônibus causa transtorno no trânsito de Manaus

Um homem de 35 anos ficou preso nas ferragens do carro que dirigia após um grave acidente de trânsito na manhã desta quinta-feira (29), na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul de Manaus. A colisão foi entre um ônibus e um Fiat uno. O motorista do carro sofreu apenas escoriações e foi levado ao hospital.

Em sentidos opostos, os veículos colidiram por volta das 5h20 desta sexta-feira (29). O Fiat trabalhava com delivery de polpa de açaí. Com o impacto da batida, o carro ficou completamente sujo com o estoque da fruta que explodiu. Do lado de fora, haviam vários sacos de açaí pela avenida – junto aos estilhaços.

De acordo com testemunhas, o condutor do ônibus teria avançado o cruzamento da avenida com o sinal aberto. O ônibus teve boa parte de sua lateral esquerda dianteira danificada com a batida.

“O sinal estava aberto pra mim. Ainda freei porque vi um motoqueiro passando [furando o cruzamento] e depois passei buzinando. Mas o motorista do Fiat veio com tudo. Ele falou que dormiu no volante. Eu não posso afirmar. Mas, quando passei, o sinal estava verde” disse o motorista do ônibusque não quis se identificar.

O veículo rodou com a colisão e ficou com a frente destruída. Ainda de acordo com o motorista, apenas cinco passageiros estavam no ônibus e não se machucaram.

O condutor do fiat, um vendedor de açaí de 35 anos ficou preso nas ferragens e foi removido com apoio do Corpo de Bombeiros. Ele sofreu leves escoriações e foi levado consciente pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.

Alteração no trânsito
Com o acidente, localizado em ponto de ligação importante entre avenidas da Zona Centro-Sul, o trânsito ficou intenso nessa manhã. Além disso, uma forte chuva na capital aumentou a lentidão do fluxo. Até por volta das 7h40, apenas uma faixa ficou liberada com passagem. Agentes do Manaustrans acompanham a ocorrência.

Fonte: G1 AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *