- Cidade

Adaf certifica unidade de beneficiamento na zona norte de Manaus

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) certificou, no início deste mês, mais uma empresa local. A Sabore Fatiados, localizada no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, é o mais novo estabelecimento a receber o registro do Serviço de Inspeção Estadual (SIE), que atesta o cumprimento das diretrizes da legislação sanitária na produção e beneficiamento dos alimentos de origem animal.

O local vai manipular uma média diária de 800 quilos de queijos, presunto, bacon e calabresa, totalizando 20 toneladas desses alimentos por mês. De acordo com um dos proprietários, Renato Silva, padarias, mercadinhos e lojas especializadas em frios estão entre os principais clientes da empresa, que chegou a ser interditada pela Adaf, exatamente um ano antes da certificação. “Fechamos e nos adequamos às normas e procedimentos. O SIE é um certificado muito importante para o nosso negócio, pois significa que ele está dentro das normas exigidas pelo órgão fiscalizador, no caso, a Adaf”, destaca.

A unidade de beneficiamento de produtos cárneos, leites e derivados emprega atualmente quatro pessoas e está realizando processo seletivo para mais uma vaga. “A expectativa é expandir nosso negócio para supermercados médios e grandes. Com isso, vamos crescer e gerar mais empregos e renda para nossa cidade e estado”, completa Renato.

Com a certificação ocorrida no último dia 2, chegou a 166 o total de estabelecimentos com SIE ativo no Amazonas. “É de extrema importância a regularização dos estabelecimentos de produtos de origem animal junto aos órgãos de inspeção, seja ela no âmbito municipal, estadual ou federal. A emissão do título de registro de SIE junto à ADAF certifica o estabelecimento a poder comercializar seus produtos dentro do estado do Amazonas, assegurando a qualidade e preservando a segurança alimentar”, ressalta a fiscal médica veterinária Nádia Nara dos Santos Valente, que atua na Gerência de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Adaf.

Fonte: Divulgação/Adaf


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *