- Cidade

Ageman fiscaliza novas vagas de Zona Azul no Centro Histórico de Manaus

Técnicos da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) fiscalizaram, na manhã desta quinta-feira, 16/5, o funcionamento do serviço Zona Azul no centro histórico da cidade.

Mais 221 novas vagas foram implantadas na localidade, sobretudo para atender a demanda dos usuários que visitam, diariamente, o mirante Lúcia Almeida, mais novo ponto turístico da capital.

As ruas Bernardo Ramos, Visconde de Mauá, Tanquerinha, Gabriel Salgado, Vivaldo Lima e o início da avenida 7 de Setembro foram as áreas contempladas com as novas vagas.

Durante a vistoria, os técnicos da Ageman verificaram a disposição, o tamanho e a sinalização das vagas comuns e também das preferenciais.

Outro item também avaliado pelos técnicos foi a leitura dos QR codes, os códigos utilizados para facilitar a compra ou aquisição dos créditos do serviço Zona Azul.

O chefe da Divisão de Planejamento, Gestão do Transporte Público Urbano, Controle e Fiscalização Técnico-Operacional da Ageman, João Lourenço, explicou que o serviço tem sido bastante utilizado pelos frequentadores do espaço.

“As pessoas não enfrentam dificuldade alguma para estacionar aqui e nós estamos regularmente fiscalizando a operação do serviço, para que o usuário possa continuar utilizando quando precisar. O Zona Azul é sempre a melhor opção, por isso recomendamos que as pessoas baixem o aplicativo ZA Manaus e possuam créditos para facilitar a ativação na hora de estacionar e evitar as notificações ou até mesmo uma infração de trânsito”, recomendou ele.

O serviço Zona Azul funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h; aos sábados até as 17h. Domingos e feriados o serviço é gratuito.

Atualmente, o serviço Zona Azul oferta 5.355 vagas, sendo 4.035 no centro comercial e histórico de Manaus e 1.320 vagas no conjunto Vieiralves, zona Centro-Sul da capital.

O serviço é realizado pela empresa Consórcio Amazônia, Tecnologia de Trânsito da Amazônia SPE – Ltda., detentora da outorga do serviço, conforme contrato nº 014/2015, celebrado com o município de Manaus.

Para ter acesso ao serviço, o usuário paga R$ 3,50 a hora, podendo permanecer na mesma vaga por um período máximo de até três horas.

Os créditos podem ser adquiridos por meio do aplicativo ZA Manaus, site www.zamanaus.com.br nos mais de 20 postos de venda autorizados, direto com os monitores ou ainda por meio de QR code informado nas placas de sinalização.

Fonte: Divulgação 


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *