- Cidade

Em seis meses, mais de 350 escolas da prefeitura receberam serviços de infraestrutura

Em seis meses da gestão do prefeito David Almeida, mais de 350 escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed) receberam serviços de infraestrutura. Agora, o pacote de obras avança com trabalhos em mais de 86 unidades de ensino, que compreendem desde creches, Centro Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e escolas de ensino fundamental em Manaus.

As obras das 86 unidades começaram a ser executadas na segunda quinzena de março. Entre as escolas contempladas, estão o CMEI Padre Dalbon, no bairro Novo Aleixo; as escolas municipais Nestor Soeiro do Nascimento, situada no Tarumã; Alexandrina Barros, na Colônia Santo Antônio; além da Ester, que fica na BR-174.

Todas as unidades receberão intervenções de médio e grande porte. Nelas, serão realizados serviços de pintura, troca de telhados, manutenção total da parte elétrica, renovação de forros e portas, bem como melhorias na parte hidráulica.

De acordo com o subsecretário de Infraestrutura e Logística (Infralog) da Semed, Marcelo Campbell, a ação visa dar seguimento a obras de reformas paralisadas há mais de um ano.

“Por orientação do prefeito David Almeida, a Semed está fazendo uma grande ação de recuperação nas escolas do município que estavam abandonadas há mais de um ano pela gestão anterior. Com esse trabalho, já conseguimos fazer intervenções em 366 unidades do município de pequeno e até médio porte. E hoje estamos dentro de 86 escolas, situadas em todas as zonas de Manaus, fazendo vários tipos serviços também”, explicou o subsecretário. Ele enfatizou, ainda, que as obras de 12 escolas que fazem parte da nova etapa do pacote intervenção serão finalizadas em breve.

“Nos próximos dias, vamos fazer a entrega de 12 escolas, algumas completamente reformadas e outras revitalizadas, incluindo escolas da zona rural que receberam manutenção de médio e grande porte. Isso prova que a Prefeitura de Manaus não para de trabalhar e que a Semed está procurando dar dignidade e conforto para seus alunos e professores”, completou.

Sobre o cronograma de entrega das 86 unidades contempladas nessa fase atual do plano de intervenção de reformas, o diretor da engenharia da Semed, Ernesto Oliveira, frisou que a previsão para entrega dessas unidades depende da complexidade de cada uma.
“A previsão de entrega das obras é de 90 dias, lógico que esse prazo depende muito de quando a obra começou e, sobretudo, sobre a complexidade dos serviços que precisam ser feitos em cada escola. Dentre os serviços estão a troca da parte elétrica, a revisão da parte hidráulica, serviço de pintura, troca de portas e janelas, em quase todas será feito uma reforma geral”, explicou o diretor.

Obras
Representantes do setor da engenharia da Semed visitam as escolas e listam os serviços que devem ser feitos pelas empresas contratadas pela prefeitura. A iniciativa passou a ser adotada, a partir da gestão do prefeito David Almeida, com objetivo da Semed ter um cronograma de obras mais eficiente e conhecer mais de perto a realidade dos prédios das unidades escolares do município.

Em paralelo às reformas de médio e grande porte, são feitas, de forma contínua, pequenas manutenções com serviços de troca de fechadura, troca de vidro de janela, limpeza de caixa d’agua, capinagem, troca de lâmpada e outros.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *