- Cidade

HPS João Lúcio registra aumento de altas de tratamentos da Covid-19 em fevereiro

O Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio Machado, na primeira semana de fevereiro, registrou o aumento do número de altas hospitalares em seis vezes, comparado à primeira semana do mês anterior. Do dia 1 até o dia 7 de janeiro, foram registradas 8 altas; agora em fevereiro, esse número passou para 48. Esse crescimento é resultado das ações tomadas pelo Governo do Amazonas para mitigar os impactos da pandemia.

A enfermeira do HPS, Fabiane Oliveira explica que além das medidas governamentais, os pacientes têm entrado na unidade com sintomas moderados, fato que possibilita o tratamento eficaz nesse estágio da doença e, consequentemente, influencia o número de altas hospitalares.

“A gente consegue dar uma resposta melhor, trazendo-o de volta pra família com vida e tendo mais altas. Cada vitória de cada um paciente é, também, uma vitória da equipe e da unidade, que tem trabalhado incansavelmente. A gente chegou a ter 150 pacientes internados nessa área; e hoje a gente está com metade, isso já é uma grande vitória”.

Os números continuam aumentando, só na manhã desta terça-feira (09/02) mais seis pacientes do hospital foram liberados. Um deles foi Fabrício Marinho, 36 anos, que passou 17 dias internados na unidade, sendo dez desses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O metalúrgico destacou o cuidado da equipe de saúde que o acompanhou. “As pessoas tinham compromisso mesmo. Eles trabalham com atenção nesse lugar, aqui eu fui bem cuidado e bem tratado”, reconheceu.

Outra paciente que teve alta hoje, foi a autônoma Laís Arissia, de 27 anos. Após acompanhamento multidisciplinar, a jovem vai continuar se recuperando da Covid-19 em casa. “É só gratidão que eu tenho a Deus, primeiramente; e depois aos profissionais, dos técnicos aos médicos, fisioterapeutas que sempre me apoiaram e me ajudaram, conversaram comigo para ter força de vencer a Covid”.

Internações – Também foi registrado uma queda de 18,3% nas internações do hospital. O período também leva em conta a primeira semana dos meses de janeiro e fevereiro, quando foram registradas, respectivamente, 87 e 71 internações.

Fonte: Divulgação/Secom


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *