- Cidade

Palafitas deixam ligações irregulares no passado

Os moradores do beco Nonato, no bairro Cachoeirinha, foram beneficiados com uma tecnologia simples e eficiente para combater as perdas de água tratada. Chamadas de redes aéreas, as estruturas facilitam os trabalhos de manutenção e a localização de vazamentos. Todos os residentes do beco também foram incluídos na Tarifa Social, benefício estabelecido via Decreto municipal, que concede desconto na conta de água. O grupo Aegea, que assumiu a concessão de Manaus em julho é um dos pioneiros no uso do método. Nas regiões onde atua, a empresa sempre busca aplicar soluções de saneamento de acordo com a geografia e demais especificidades dos locais.

As soluções adotadas pela concessionária Águas de Manaus na Cachoeirinha eliminaram as ligações irregulares, elevando a canalização da água, evitando uma possível contaminação e, assim, garantindo a qualidade da água para o consumo humano. As áreas de palafitas (casas de madeira edificadas sobre os igarapés) e becos foram os principais pontos de trabalho das equipes da Águas de Manaus no bairro. Durante o serviço no beco Nonato, 36 novas ligações de água foram realizadas, totalizando 60 ligações ativas no local, além da execução de 240 metros de extensões de rede.

“As redes aéreas levam dignidade até as pessoas. Para um morador dessas regiões, ter um comprovante de residência em seu nome é uma vitória. Esse é o grande diferencial da Águas de Manaus, porque nos adaptamos às necessidades dos moradores. Chegamos na comunidade, observamos quais as necessidades, conversamos com os moradores e trabalhamos uma solução”, explicou o diretor-presidente da empresa concessionária, Renato Medicis, ao mencionar a solução encontrada para o beco Nonato e outros becos similares, no bairro Cachoeirinha. “Outro ponto importante é que quando vamos à uma comunidade, levamos equipe completa, então, é possível corrigir falhas, atender demandas e melhorar substancialmente a qualidade dos nossos serviços”, completou.

A moradora Gisele Dantas, que tem um pequeno comércio no beco Nonato, elogiou o trabalho. “Melhorou muito, porque era tudo na lama. Agora, melhorou muito”, disse. Moradora do beco São João, na Cachoeirinha, há 20 anos, a costureira Carmem Rodrigues foi uma das que recebeu o benefício. “Eles vieram aqui em casa e eu pude expor todos os problemas que tinha junto a concessionária, inclusive referente ao meu hidrômetro. Toda vez que vivemos a enchente, perco o aparelho e tenho de adquirir outro. Agora, eles levantaram ele do chão. Já renegociei uma dívida que estava me tirando o sono. O trabalho está de primeira e neste caso, temos de parabenizar”, disse a costureira.A aposentada Ivony da Silva, 64 anos, que mora há mais de 30 anos no local lembrou que a estrutura antiga era ruim e que tudo melhorou após a obra feita pela Águas de Manaus. “Tinha dias que estava só o barro, porque a água vinha misturada com a lama e nem dava para arrumar. Com as novas ligações melhorou muito, a água vem limpa, da para beber. Antes a gente tinha que ferver. Não era de qualidade. Então desde que isso foi feito melhorou tudo, até o abastecimento. Agora a água vem todo dia, água limpa e se tem problema de vazamento é resolvido logo”, comentou.

Água tratada

Anteriormente, as casas do beco Nonato eram abastecidas por ligações irregulares, quase sempre submersas nos igarapés. Além de ter contato direto com esgoto, os canos possuíam vazamentos difíceis de serem localizados, principalmente nos períodos de cheia do rio Negro. A Águas de Manaus substituiu a estrutura irregular por tubos elevados, na altura das pontes de madeira, dentro dos padrões NBR e sem contato com o igarapé. Os hidrômetros também foram afixados nas paredes das palafitas, na altura da entrada das casas.

Além do beco Nonato, outros locais da Cachoeirinha contam com a instalação das redes aéreas, como os becos Gal Glicério, Ayrão e Mestre Chico 2, atendendo 112 residências nesta região. A concessionária também levou as redes aéreas para outras regiões de palafitas na cidade, nos bairros Educandos, Raiz e Aparecida.

Os ganhos são a qualidade da água e maior facilidade no combate às perdas. As redes aéreas também ajudam a diminuir a quantidade de doenças hídricas. Vale lembrar que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), para cada R$ 1 investido em saneamento e tratamento de água, R$ 4 são economizados em despesas com saúde.

Programa Vem com a gente

A instalação das redes aéreas em Manaus integra o Projeto ‘Vem com a Gente’, lançado pela concessionária em agosto do ano passado. O programa visa maior proximidade da empresa com a população, oferecendo serviços nos bairros com agilidade e comodidade aos moradores. De acordo com o diretor comercial da Águas de Manaus, Waldyr Vilanova, diversos moradores de palafitas regularizaram suas ligações, garantindo o abastecimento de qualidade oferecido pela Águas de Manaus. “Nessas localidades, caso houvesse algum dano na rede convencional, em período de alagamento, não era possível fazer o reparo até o escoamento da água acumulada. Hoje, com o molde aéreo, a rede não tem contato com os igarapés, o que facilita a execução dos serviços”, explica Waldyr Vilanova. O Vem com a Gente já atendeu quase 50 mil demandas de moradores em bairros das zonas Sul e Oeste da cidade. A meta é que, em 24 meses, o projeto passe por todos os bairros da cidade.

Tarifa Social

Ao se cadastrar, o cliente obtém 50% de desconto no pagamento da tarifa, pois o benefício recai sobre a primeira faixa de consumo que, em Manaus, automaticamente é estendida de zero a dez metros cúbicos para zero a 15 metros cúbicos por mês. Os dados estão à disposição dos usuários na própria fatura mensal, em cumprimento à Lei nº 2.001, de 26 de junho de 2015, Art. 1.º. Para aderir ao benefício é necessário ser cliente da classe residencial, ser titular da ligação de água, proprietário, possuidor legítimo ou inquilino, estar inscrito no programa “Bolsa Família” do Governo Federal, possuir ligação de água hidrometrada, sem violação, adulteração ou fraude. A adesão ao programa é simples e gratuita.

Fonte: G1/ AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *