- Cidade

Populacao precisa continuar com prevencao mesmo com diminuicao dos casos de Covid-19 no Amazonas

Apesar do numero de obitos ter apresentado uma diminuicao, de 60 para 50 diários, em todo o estado, o presidente das agencias funerarias do estado do Amazonas, Manoel Viana, disse que o momento ainda inspira cuidado.
De acordo com o presidente, essa “queda” vem acontecendo num ritmo em que todo o Brasil apresenta um crescimento. “Nao podemos relaxar com os cuidados necessarios e principalmente tomar a vacina. Somente dessa maneira poderemos evitar o aumento de casos na capital e no interior, e vacinados garantimos nossa imunizacao”, destacou.
Viana aproveitou para alertar possivelmente para uma terceira onda do Covid-19. Segundo ele, essa onda tem que ser evitada com distanciamento, isolamento social, uso de mascara e asseio das maos com agua e sabao, al m do uso continuo de alcool.
“Nos, agentes funerarios, nao queremos essa terceira onda. As empresas nao desejam essa terceira onda, muito pelo contrario, temos que estar preparados para que, se a sociedade precisar de nossos servicos, temos que estar aptos para prestar esse servico”, enfatizou.
Ao comentar sobre a parceria entre agencias funerarias e prefeitura, Manoel Viana afirmou que a relacao positiva e quem ganha a sociedade para que nao fique sem atendimento adequado.
“Essa pessoa que perde um ente querido, imagina voce, al m da dor da perda e da separacao, fica sem um atendimento adequado. Por isso que as agencias funerarias tem o dever e a responsabilidade de fazer, de realizar um servico de qualidade para a populacao, combatendo principalmente funerarias que atuam de maneira irregular em nosso estado, oferecendo servicos inadequados”, finalizou.


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *