- Cidade

Prefeitura inicia combate à poluição sonora em áreas comerciais nos bairros

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta quinta-feira, 13/12, o trabalho de orientação e fiscalização no combate à poluição sonora em áreas comerciais dos bairros. A atividade foi realizada por equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e começou pela avenida Francisco Queiroz, no Manoa, zona Norte, com uma grande ação de sensibilização ambiental.

A atividade foi realizada com distribuição de material informativo sobre os riscos causados pelo uso abusivo do som e os malefícios das queimadas, além de doação de mil mudas de espécies frutíferas, ornamentais e medicinais junto aos comerciantes, feirantes e transeuntes.

A ação contou com os departamentos de Fiscalização e Arborização e Paisagismo e a Divisão de Educação Ambiental da Semmas e a equipe de sensibilização da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp). O objetivo, de acordo com o diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Gonçalves, é atender às demandas recebidas pelo órgão no tocante à poluição sonora praticada nas áreas de comércio dos bairros, assim como já é feito no Centro de Manaus. “Estamos fazendo um levantamento dos locais onde o problema é mais crítico para realizarmos um trabalho primeiramente educativo para, em seguida, entrarmos com a fiscalização punitiva”, explicou Eneas.

O chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, destacou a importância da ação e o papel da Educação Ambiental no processo de sensibilização da comunidade. “A educação ambiental é transversal e todo processo de mudança na qualidade de vida das pessoas passa pela mudança de comportamento das mesmas. Por esta razão, estamos presentes às ações de fiscalização, arborização e paisagismo, gestão territorial e ambiental da secretaria”, afirmou.

Quem passou pelo local aprovou a iniciativa. A manicure Ailcimar Feitoza Noronha, 25, moradora da Cidade de Deus, ficou satisfeita com a presença da Prefeitura de Manaus naquela área. “Esse tipo de trabalho é muito importante principalmente nesta área, onde os comerciantes não respeitam os limites de som e fica essa bagunça”, reclamou.

A assistente social Franci Nascimento, 45, que reside na Cidade Nova, considerou produtiva a ação. “Manaus merece esse tipo de trabalho que está sendo feito porque quanto mais se conscientizar a população, cada vez mais melhoramos a nossa cidade”, afirmou.

Fonte: Semmas/PMM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *