- Cidade

Profissionais de saúde do Interior participam de oficina de humanização

Como parte das ações do Programa Saúde Amazonas, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio do Projeto Educação Permanente em Saúde e Humanização em Movimento, realiza até esta quarta-feira (16/12) a Oficina de Fortalecimento e Ampliação de Núcleos de Educação Permanente em Saúde e Humanização (NEPSHU) no município de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus).

A oficina contou com a participação de representantes de todos os municípios que compõem a Regional do Triângulo (Alvarães, Maraã, Uarini, Juruá, Japurá, além de Tefé). Os participantes contribuíram para a implementação dos NEPSHUs nos municípios e nas unidades de saúde.

“O objetivo é fortalecer as políticas de educação permanente em saúde e humanização no estado como potentes instrumentos de qualificação de servidores e gestores. Também temos por objetivo constituir uma equipe local ativa e comprometida com as questões de qualificação do servidor e mudanças nos processos de trabalho orientadas pelo diálogo”, disse o gerente de Desenvolvimento de Pessoas e Educação em Saúde da SES-AM, Davi Cunha.

Esta foi a quarta edição da oficina regional, que aconteceu anteriormente nas regiões de Manaus e entorno, Médio e Baixo Amazonas. Para a secretária municipal de Saúde de Uarini, Orivane Lopes, a Educação Permanente em Saúde é uma ferramenta importante como transformação para os profissionais de saúde e a população dos municípios, que ainda possuem dúvidas a respeito das ações de saúde em educação permanente.

“Com essa oficina na região do Triângulo, teremos o fortalecimento e ampliação dos Núcleos de Educação em Saúde e Humanização nos municípios, ampliando nossos conhecimentos e, neste primeiro momento, identificando os problemas e as necessidades de EPS, de acordo com as categorias de análises propostas em cada situação. Então, nossa perspectiva é sair fortalecidos para sermos multiplicadores de conhecimentos aos demais profissionais”.

A meta da SES é ampliar ao máximo as equipes de educação permanente e humanização nos municípios. “Temos a possibilidade de capacitar novos apoiadores para ampliação e fortalecimento das equipes nos municípios do Amazonas e, com isso, esses novos apoiadores terão as ferramentas necessárias para implantar em suas regiões os Núcleos de Educação em Saúde e Humanização, fortalecendo os profissionais e usuários do sistema SUS”, reforçou o chefe do Departamento de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde da SES, Mário Ernâni Júnior.

Fonte: Divulgação/SES-AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *