- Cidade

Profissionalização do turismo é o grande desafio do Amazonas, avalia presidente da AAM

“Encontrar mecanismos para a profissionalização da atividade turística ainda é o grande desafio para os municípios do Amazonas”. Essa foi a avaliação do presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), Andreson Cavalcante, durante a abertura do 5° Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial – Turismo Sustentável em Desenvolvimento e o Patrimônio Natural, que acontece de hoje (22), até o dia 24 de novembro, no Centro de Convenções Vasco Vasques.

O evento é organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e conta com o apoio e participação da AAM, que irá comandar uma mesa redonda direcionando o debate para a região norte.

De acordo com o presidente Andreson Cavalcante, o momento é propício para debater sobre o fomento do turismo no Estado, uma vez que o potencial no Amazonas ainda é pouco explorado. “Temos um potencial fantástico, mas que ainda é explorado de forma arcaica e pouco produtiva, que acabou se perdendo ao longo dos anos, mas todos os municípios do Amazonas têm suas vocações e potencialidades, precisamos firmar parcerias que alavanquem o setor”, declarou o presidente da AMM.

De acordo com a organização do evento, os participantes vão discutir medidas de financiamento e captação de investimentos para o patrimônio natural e cultural, os desafios e oportunidades do desenvolvimento sustentável e as parcerias público privadas para gestão de reservas e parques naturais.

Marco Regulatório

Segundo Andreson, faz-se necessário a junção de todas as esferas para que seja possível gerar mais emprego, renda e sustentabilidade aos municípios do interior do Estado. “Nesse debate vamos buscar junto ao governo Federal, Estadual, IFAM e Fecomércio soluções para que possamos potencializar a economia das cidades turísticas e criar, a partir desse encontro, um marco regulatório do turismo do norte do país”.

A programação inclui, ainda, palestras sobre sustentabilidade, empreendedorismo e casos de sucesso. Além de mesa redonda sobre a importância da cadeia produtiva e da qualificação da gestão para o desenvolvimento dos destinos turísticos sustentáveis.

Segundo o presidente da CNM, Glademir Aroldi, o evento representa uma oportunidade para os municipalistas compartilharem conhecimento, além de impulsionar iniciativas que possam contribuir com a organização e o desenvolvimento das políticas locais voltadas ao patrimônio.

O projeto de lei para implementação da Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial estará na pauta de discussões durante o encontro.

Fonte: Ascom/AAM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *