- Cidade

Prosamim realiza ação de sensibilização sobre segurança no entorno da intervenção, no igarapé do 40

O setor Social da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), órgão que administra, executa e fiscaliza as obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), realizou nesta quinta-feira (01/10), uma sensibilização educativa no entorno da intervenção do programa, no igarapé do 40.

A sensibilização tem por objetivo conscientizar e informar os moradores sobre as restrições na envoltória da obra, os cuidados com crianças e os animais, assim como, acerca do trânsito de máquinas pesadas visando a segurança e prevenção de acidentes.

“As funcionárias do Prosamim estão sempre andando por aqui, realizando atendimentos aos moradores que irão sair da área, a gente já até conhece devido à cor do colete e ao nome Prosamim. O que elas estão informando é importante para as pessoas que deixam seus animais soltos e têm filhos pequenos porque pode ser perigoso”, afirmou o aposentado Carlos Braga, 57, morador da área.

De acordo com a subcoordenadora do Social da UGPE, Viviane Dutra, as sensibilizações realizadas pelo Prosamim são constantes e estão previstas no Sistema de Gestão Socioambiental (SGSA), que é utilizado em todas as fases das obras realizadas pelo programa. “O sistema visa atenuar os impactos aos moradores do entorno da intervenção, assim como, garantir a segurança dos mesmos”, destacou a subcoordenadora.

Intervenção ― A intervenção do Prosamim, no leito do igarapé do 40, compreende o trecho localizado entre as avenidas Silves e Maués. A obra de mobilidade urbana abrange a construção de uma nova via, interligando as duas avenidas e possibilitando acesso mais rápido dos motoristas que seguem do Distrito Industrial à área central da cidade através da Manaus Moderna.

A obra também vai contemplar a construção de novos espaços de convívio social e práticas esportivas, com academias ao ar livre e quadras multiuso, além da reforma do campo do Betanhão. Também haverá plantio de mudas, contribuindo para recompor a flora do local. As obras do Governo do Estado irão favorecer o reassentamento de mais de seis mil pessoas que viviam nesse trecho do igarapé do 40.

Fonte:UGPE


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *