- Cidade

SES e FVS apresentam programa ‘Saúde Amazonas’ para o Governo Federal

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) apresentaram o programa de reestruturação da Saúde estadual, o ‘Saúde Amazonas’ para a Secretaria Especial de Assuntos Federativos (SEAF), ligada Secretaria de Governo (SEGOV) do Governo Federal. As informações foram apresentadas, na tarde desta terça-feira (6/10), por meio de videoconferência, em que foram apresentados, também, o panorama epidemiológico da situação do Covid-19 no Estado.

Além do titular da SES-AM, Marcellus Campêlo, participaram da ação a presidente da FVS, Rosemery Costa Pinto. Representando o Governo Federal, participaram da reunião Julio Alexandre Menezes, Sérgio Lisboa, Tatiane Moraes, e Márcia Maria Rocha da Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo (SEAF/SEGOV).

O ‘Saúde Amazonas’ lançado pelo Governador Wilson Lima tem investimento inicial previsto na ordem de R$ 1,4 bilhão até 2022. Uma das prioridades é a redução da fila de espera por exames e consultas na rede estadual, com a ampliação de 65% da oferta de procedimentos nos próximos seis meses.

O secretário Marcellus Campêlo, liderou a reunião e apresentou os nove eixos principais que norteiam o programa Saúde Amazonas e as ações já realizadas desde o lançamento, no final do mês de agosto, para melhorar os serviços oferecidos pela SES-AM.

“Mostramos a nova fase da Saúde do Amazonas, o trabalho em conjunto que estamos desenvolvendo, junto com a FVS e as outras fundações ligadas a SES-AM para o fortalecimento da saúde pública estadual”.

Dados epidemiológicos – Segundo Marcellus Campêlo, durante o encontro serviu para mostrar que o Governo do Amazonas está alinhado ao Governo Federal com relação as ações de combate ao covid-19 e outras síndromes respiratórias.

“O Governo Federal está disposto a nos ajudar. Nós apresentamos inclusive uma lista de necessidades que o Estado precisa para as ações de fortalecimento da nossa rede tanto de vigilância quanto de assistência”, disse o secretário.

A diretora-presidente da FVS, Rosemary Pinto, apresentou a situação epidemiológica de covi-19 no Estado, com destaque para as últimas três semanas. Ela explicou que o crescimento do número de casos em Manaus é decorrência da exposição de pessoas sem máscaras em aglomerados como balneários, bares e festas.

“Também avaliamos o comportamento do número de casos nas últimas semanas, levando em conta que nós temos uma maior oferta de testes rápidos, e que nós estamos captando vários casos, aliás, muitos casos que ocorreram nos meses de pico da pandemia e que somente agora a população tá tendo acesso as teste rápido. Temos visto a estabilização do número, tanto de internações, quanto de óbitos nas últimas duas semanas em Manaus”, acrescentou.

Fonte: Divulgação/SES-AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *