- Economia

Aprovados US$ 100 milhões em projetos na ZFM

O Conselho de Administração da Suframa (CAS) aprovou 29 projetos industriais durante sua 292ª Reunião Ordinária, realizada nesta quinta-feira (2), por meio de videoconferência, em razão da emergência de saúde pública ocasionada pelo novo coronavírus (Covid-19). Foram aprovados dez projetos de implantação e 19 de atualização, diversificação e/ou ampliação, que somam investimentos totais de US$ 112 milhões e têm a previsão de gerar 1.148 novos postos de trabalho no Polo Industrial de Manaus (PIM) nos três primeiros anos de operação das novas linhas. Em entrevista coletiva, o novo superintendente da autarquia, Agalcir Polsin, destacou a importância do modelo de desenvolvimento regional.

A reunião – presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (ME), Carlos da Costa – foi a primeira com a participação do novo superintendente da Suframa, Algacir Polsin, recém-empossado no mês de junho. Participaram, ainda, o governador de Roraima, Antonio Denarium, o deputado federal, Capitão Alberto Neto, conselheiros representantes de diversos ministérios, entidades de classe, secretários de Estado, entre outros.

O superintendente Algacir Polsin inicialmente agradeceu os votos e cumprimentos em relação à sua gestão frente a Suframa. “A ideia é fazer o melhor trabalho possível. Já os cumprimentos em relação ao trabalho da pauta de hoje, dou mérito ao coronel Menezes e a toda a equipe que esteve com ele e que permanecerá comigo, pois é uma herança de um trabalho muito bem feito com resultados claros. Tenho que estar à altura de dar prosseguimento a essas atividades e naturalmente colocar também os meus tijolos nessa construção, engradecendo o nome da Suframa e colaborando para o desenvolvimento regional da Amazônia em benefício da nossa população”, afirmou.

Com o objetivo de dar mais visibilidade à importância do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) para o País, Polsin destacou a necessidade de levantar dados além dos números do PIM. “Por exemplo, em uma reunião do Codam, vimos o quanto está sendo feito pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), com inúmeros projetos, inclusive, interiorizando a pesquisa e o desenvolvimento”, explicou.

Entre os destaques da pauta, a Duxteno Indústria de Plásticos, vai produzir bens intermediários de matéria plástica em geral, com investimento total de aproximadamente US$ 11.7 milhões e expectativa de geração de 198 empregos, e da empresa Specialized Brasil, para produção de bicicletas elétricas, com investimento total de cerca de US$ 1.5 milhão e expectativa de geração de 21 empregos.

Nos projetos de diversificação, atualização ou ampliação, destacam-se as iniciativas das empresas Cal-Comp, para produção de máscaras descartáveis, com investimento total de cerca de US$ 1 milhão.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *