- Economia

Dólar é negociado em alta nesta terça-feira

O dólar opera em alta nesta terça-feira (26), em dia de depoimento do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, ao Senado dos Estados Unidos, e de sabatina do indicado a presidente do Banco Central brasileiro, Roberto Campos Neto, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Às 10h43, a moeda norte-americana subia 0,35%, vendida a R$ 3,7562. Veja mais cotações.

Na véspera, o dólar encerrou o pregão em alta de 0,07%, a R$ 3,7432. No mês, a alta acumulada é de 2,33%. No ano, porém, a moeda tem queda de 3,38% ante o real.

O Banco Central realiza nesta terça-feira leilão de até 10,33 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de março, no total de US$ 9,811 bilhões. O BC também já anunciou que fará leilão de linha – venda com compromisso de recompra – na quarta-feira, com oferta de US$ 3 bilhões, para rolagem parcial de um total de US$ 6,05 bilhões com vencimento em março.

Campos Neto, indicado a substituir Ilan Goldfajn no comando do BC, Roberto Campos Neto, participa de sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Será a primeira oportunidade pública de o mercado conhecer o que pensa o economista, destaca a agência Reuters.

No exterior, o ânimo dos investidores em torno das negociações comerciais entre Estados Unidos e China esfriou. Embora o presidente dos EUA, Donald Trump, tenha dito que vai adiar o aumento de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em importações chinesas, no mais claro sinal de que ambos os lados estão avançando, ele também disse que um acordo ainda não foi fechado e que ainda faltam detalhes sobre o que surgiu nas negociações em Washington, destaca a agência Reuters.

O foco dos investidores também se voltava para o depoimento do chairman do Federal Reserve, o banco central dos EUA, Jerome Powell, ao Congresso.

A expectativa é que Powell saliente a sensibilidade do Fed a preços de ativos e apresente uma avaliação otimista das perspectivas de crescimento doméstico, além de oferecer mais informações sobre a decisão do Fed de colocar em suspenso novos aumentos de juros.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *