- Economia

Dólar opera em queda, com expectativas de vacina contra Covid-19

O dólar opera em queda nesta quarta-feira (15), com os investidores esperançosos diante de sinais de avanço no desenvolvimento de uma vacina para a Covid-19.

Às 10h12, a moeda norte-americana caía 0,27%, a R$ 5,3326. Veja mais cotações.

Na véspera, o dólar fechou em queda de 0,78%, a R$ 5,3470. Na máxima ao longo do dia, chegou a R$ 5,4533. No mês, a moeda acumulou de queda de 1,7%, e no ano, alta de 33,35%.

Cenário local e externo
Investidores se mostram esperançosos diante de sinais de avanço no desenvolvimento de uma vacina para a Covid-19, deixando de lado taxas recordes diárias de mortes em alguns Estados norte-americanos e novas tensões com a China.

A norte-americana Moderna produziu uma vacina experimental contra o Covid-19 que provocou respostas imunológicas em todos os 45 voluntários saudáveis. Isso fortaleceu esperanças de que a pandemia possa ser controlada e, assim, economias possam avançar em processos de reabertura.

“Os mercados na madrugada receberam uma injeção de ânimo ao serem informados dos avanços da vacina da Moderna”, disse Pablo Spyer, diretor de operações da Mirae Asset.

No Brasil, o mercado analisava ainda dados de inflação medida pelo IGP-10 de julho, que saltou 1,91% sobre junho, quando avançou 1,55%. Segundo a Infinity Asset, o índice superou o topo das projeções do mercado. O dado ajuda a frear apostas de que o Banco Central promova corte residual da Selic no próximo mês, expectativa que na véspera havia ganhado suporte com a leitura mais fraca do IBC-Br.

Com isso, reduz-se a pressão sobre o câmbio, devido à menor perspectiva de nova diminuição nos diferenciais de juros entre o Brasil e o mundo, um dos fatores citados por analistas para explicar a falta de apetite pela moeda brasileira.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *