- Economia

Dólar passa a cair e volta a ficar abaixo de R$ 5,40

O dólar passou a recuar nesta segunda-feira (8), em dia marcado por esperanças de mais estímulo nos Estados Unidos em resposta aos danos econômicos da Covid-19. No Brasil, a atenção ficava nas discussões em torno de mais medidas de auxílio emergencial, em meio a persistentes incertezas fiscais.

Às 13h36, a moeda norte-americana caía 1%, cotada a R$ 5,3292. Veja mais cotações.

Na sexta-feira, dólar encerrou a sessão em queda de 1,21%, a R$ 5,3831. Na semana, acumulou queda de 1,60%. No ano, no entanto, tem alta de 3,78% no ano.

O Banco Central anunciou para esta segunda-feira leilão de swap tradicional para rolagem de até 16 mil contratos com vencimento em junho e outubro de 2021, destaca a Reuters.

Cenário
No exterior, a semana começa com maior otimismo sobre o ritmo de recuperação da economia global, com o avanço das campanhas de vacinação, a desaceleração dos contágios e a esperança de que o grande plano de estímulo de Joe Biden seja aprovado pelo Congresso americano.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, afirmou no domingo que se o Congresso aprovar o plano de US$ 1,9 trilhão, o país voltará ao pleno emprego no próximo ano.

O preço do petróleo tipo Brent opera em alta nesta segunda-feira e a cotação superou US$ 60 dólares pela primeira vez em mais de um ano, estimulado pelo otimismo dos investidores sobre a demanda.

Por aqui, os economistas do mercado financeiro elevaram a estimativa de inflação para 2021 pela quinta semana seguida, de 3,53% para 3,60%. Para a alta do Produto Interno Bruto (PIB) no ano, a projeção foi revisada de 3,50% para 3,47%. Já a expectativa para a taxa de câmbio no fim de 2021 ficou estável em R$ 5,01.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *