- Economia

Embraer registra queda de quase 35% nas entregas de aeronaves em 2020

A Embraer informou nesta sexta-feira (12) que registrou uma queda de quase 35% na entrega de aeronaves executivas e comerciais em 2020. Ao todo, foram entregues 130 aeronaves no ano passado – 68 a menos do que em 2019, quando foram entregues 198 jatos.

O balanço foi divulgado na manhã desta sexta-feira pela Embraer, que culpa a pandemia da Covid-19 como responsável pelo impacto nas entregas, especialmente na aviação comercial, que tem as linhas de produção concentradas em São José dos Campos.

A aviação comercial registrou a entrega de 44 aviões durante todo o ano, o que corresponde 50,5% a menos do que em 2019.

Em 31 de dezembro de 2020, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava US$ 14,4 bilhões.

Em meio à crise provocada pela pandemia de Covid-19 e o cancelamento da parceria com a Boeing, a Embraer anunciou uma demissão em massa em setembro de 2020. A empresa fez 900 cortes – além de 1,6 mil desligamentos por adesões a Planos de Demissões Voluntárias.

As demissões ainda são discutidas na Justiça do Trabalho e o julgamento deve ser retomado em março.

Balanço do 4° trimestre
No 4° trimestre de 2020, a Embraer teve uma recuperação nas entregas em relação aos três primeiros períodos do ano. Foram entregues 71 jatos no quarto trimestre de 2020, sendo 28 comerciais e 43 executivos.

Apesar disso, o número ainda representa uma queda de 10 aeronaves entregues no trimestre em relação ao 4° trimestre de 2019.

Na aviação comercial, o quarto trimestre registrou a entrega de 28 aviões, que é 20% menor do que os 35 entregues no último trimestre de 2019. Já na executiva, que entregou 43 jatos, o volume é 6,5% menor que os 46 entregues no mesmo período de 2019.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *