- Economia

Preços do petróleo sobem com negociações entre EUA e China e cortes da Opep

Os contratos futuros do petróleo operavam em alta nesta sexta-feira (4) depois que a China disse que vai manter negociações com os Estados Unidos em busca de soluções para a disputa comercial entre as duas economias, enquanto sinais de uma redução na oferta também davam suporte.

O petróleo Brent subia 1,13 dólar, ou 2,02%, a US$ 57,08, às 8h59 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,85 dólar, ou 1,81%, a US$ 47,94 por barril.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo cortou a produção em dezembro, mostrou uma pesquisa Reuters, e o Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês) divulgou uma queda nos estoques de petróleo dos EUA.

O petróleo ganhou mais apoio com o último relatório de oferta do API, que disse na quinta-feira que os estoques dos EUA caíram 4,5 milhões de barris na semana passada.

Ambos os contratos de referência estão caminhando em direção a ganhos sólidos na primeira semana de negociações de 2019, apesar das crescentes preocupações de que a guerra comercial entre os EUA e a China leve a uma desaceleração econômica global.

Mas comentários do Ministério do Comércio chinês de que o país realizará conversas comerciais em nível vice-ministerial com seus pares dos EUA em 7 e 8 de janeiro ajudavam o rali dos preços.

A Opep, a Rússia e outros aliados do cartel concordaram em dezembro em reduzir a oferta em 1,2 milhão de barris por dia em 2019. A participação da Opep nesse corte é de 800 mil bpd.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *