- Economia

Volkswagen coloca 2,2 mil funcionários da fábrica de Taubaté em férias coletivas

A Volkswagen coloca a partir desta segunda-feira (12) 2,2 mil funcionários da fábrica de Taubaté (SP) em novas férias coletivas. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a paralisação é por conta da falta de peças e vai se estender por 20 dias.

Funcionários do primeiro e segundo turno da planta da cidade vão ser afetados com a medida. O motivo alegado pela empresa é a falta de semicondutores e de módulos de airbag para montagem dos veículos.

Apesar da expectativa de retorno ser no dia 2 de agosto, existe a possibilidade de estender a paralisação por mais 10 dias, caso o fornecimento de peças não seja normalizado.

Atualmente, a unidade de Taubaté produz os carros Gol e Voyage, mas está em fase de instalação de uma plataforma que vai permitir que a fábrica produza outros modelos.

Pausas na produção
Essa é a terceira vez no ano em que a Volkswagen coloca os funcionários em férias coletivas. Entre os dias 7 e 16 de junho o mesmo número de funcionários foram afetados pela paralisação, também por conta da falta de peças.

Entre os dias 3 e 13 de maio houve outro período de férias coletivas, para a instalação de novos processos na empresa.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *