- Esportes

Atletismo do Oeste Paulista encerra Troféu Brasil com duas medalhas; veja mais resultados

Com alguns de seus representantes em cena nesta reta final de uma temporada atípica, o atletismo do Oeste Paulista encerrou sua participação no Troféu Brasil com dois pódios, mas ainda sem um de seus atletas celebrando o principal objetivo: a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem. A competição começou no último dia 10 e foi finalizada neste domingo (13), no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo.

A última dessas conquistas foi justamente no dia do encerramento do evento. O dracenense Mateus Daniel Adão de Sá, do salto triplo e integrante da equipe paulistana do Pinheiros, conquistou a medalha de prata, após saltar 16,44m. O saltador de Dracena melhorou sua marca pessoal em provas abertas, mas ainda ficou distante do índice direto para os Olimpíadas (17,14m). Mateus de Sá permanece de olho no ranking internacional, que determinará os classificados por meio de pontuação.

– Agora, as competições de 2020 encerraram para mim. Vou ter três semanas de férias e retorno aos trabalhos no ano que vem. E acredito que será um ano apertado. Agora, é descansar para voltar com tudo.

Em razão do ano incomum, o dracenense prevê uma próxima pré-temporada mais curta e, por isso, aguarda as definições de sua comissão técnica, para saber qual será a competição que entrará a seguir. Ainda no salto triplo, o machadense Flávio Barbosa de Farias, atleta de uma equipe de Santa Catarina saltou 15,30m. A marca deixou o saltador de Álvares Machado na quinta colocação.

Voltando a falar dos pódios, a primeira conquista do Oeste Paulista veio no segundo dia de provas, com a prudentina Maria Victória Belo de Sena. A velocista da Associação Prudentina de Atletismo (APA) foi a terceira colocada nos 400m, terminando com 53seg47.

Outros resultados de atletas da região
A osvaldo-cruzense Eloah Scramin, do lançamento do dardo e integrante da Iema, de São Caetano do Sul, terminou na sexta colocação. Eloah lançou 47,99m. Outro que participou do Troféu Brasil foi o velocista e medalhista olímpico Bruno Lins, que treina em Prudente e representa atualmente uma equipe do Maranhão. Ele participou de três finais: 4x100m (4º lugar); 4x400m (5º lugar) e 200m (5º lugar).

O Troféu Brasil ainda teve a cerimônia de entrega de medalha para o piauiense Cláudio Roberto de Souza. O velocista foi reserva na equipe medalha de prata do revezamento 4x100m, nas Olimpíadas de Sidney, na Austrália, em 2000. A equipe treinava em Presidente Prudente na época.

Seus ex-companheiros titulares, Vicente Lenilson, Edson Luciano Ribeiro, André Domingos e Claudinei Quirino, marcaram presença. Cláudio pleiteou a entrega da medalha durante mais de 20 anos.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *