- Esportes

Derrick Lewis, sobre luta contra Cormier: “Não ligo para o cinturão, só para o dinheiro”

Sinceridade é uma característica que sobra em Derrick Lewis. Involuntariamente irreverente, o desafiante ao cinurão do peso-pesado no UFC 230, contra Daniel Cormier, neste sábado, em Nova York, faz pouco caso sobre lutar no Madison Square Garden e até mesmo sobre a possiblidade de tornar-se campeão do Ultimate. Para ele, só existe uma motivação para entrar no octógono, em qualquer combate.

– Eu realmente não ligo para o cinturão de campeão. Só me importo com o dinheiro. Não estou nesse esporte para provar que sou o melhor. Só quero lutar porque esse é o meu trabalho. O dinheiro é minha maior motivação para esse sábado, mas também sempre é. Em qualquer luta – afirmou, ao Combate.com.

O estilo agressivo quando o cage se fecha contrasta com as palavras ditas do lado de fora. De acordo com a Fera Negra, é difícil encontrar motivo para bater em seus adversários.

– Acho que todos os lutadores são difíceis da mesma maneira. Quando você sobe o octogono, existe outra pessoa querendo te acertar e isso é sempre difícil. Eu não sou um sociopata, então é sempre difícil tentar acertar alguém sem nenhum motivo, sem nenhuma raiva. Todas as lutas são duras. Quando luto, só quero ganhar, nada mais. Acho que Cormier vai tentar me colocar para baixo e eu vou tentar terminar a luta com um soco. Ele vai tentar me cansar de todas as maneiras. Vai ser isso.

A autenticidade de Derrick Lewis o faz ter a exata noção da superioridade técnica que encontrará em Daniel Cormier. Nada que o surpreenda, afinal, ele próprio se viu como azarão em todas as suas lutas de MMA até aqui. E são nove vitórias nos últimos 10 compromissos.

– Eu sempre sou o azarão de qualquer luta que eu vá disputar, porque eu não tenho as habilidades de MMA que todos tem. Eu não sou completo, não tenho a técnica apurada, Eles sempre têm uma trajetória em alguma arte marcial, e eu não tenho nada. Meu background é de luta de rua. Eu já fui mais confortável lutando na rua do que lutando no octógono. Tenho boas expectativas para a luta porque me sinto muito bem. Toda a minha preparação foi muito boa. Treinos constantes. – analisou.

Para conseguir a chance de lutar pelo cinturão, Lewis precisou ser castigado por quatro rounds contra Alexander Volkov no dia 6 de outubro, antes de conseguir um nocaute devastador no quinto assalto. Um roteiro que agradou o americano.

– Para mim foi incrível, porque lutei contra um cara da Rússia e sempre quis ter uma luta como as do Rocky Balboa, contra um russo. Eu disse isso ao meu técnico antes da luta: “Vai ser muito legal ter essa história de Rocky Balboa”. E na hora da luta fiz como Rocky. Não desisti, virei o jogo e venci. Foi bem legal. Não sei se ele me subestimou. Mas claro, ficou me provocando, repetindo o que meu técnico gritava na hora. A cada instrução, Volkov repetia as palavras. É, talvez ele tenha me subestimado no fim.

Com pouco conhecimento sobre o Brasil, Lewis aprendeu uma única palavra: justamente a que ele precisará colocar em prática na noite de sábado.

– Conheço Açaí. Gosto muito. Ah, aprendi uma palavra… Porrada! Porrada!

O Combate transmite o UFC 230, neste sábado, na íntegra, ao vivo e com exclusividade a partir de 19h30 (horário de Brasília). O Combate.com transmite as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo, e acompanha o restante do evento em Tempo Real.

UFC 230
3 de novembro de 2018, em Nova York (EUA)
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-pesado: Daniel Cormier x Derrick Lewis
Peso-médio: Chris Weidman x Ronaldo Jacaré
Peso-médio: David Branch x Jared Cannonier
Peso-médio: Karl Roberson x Jack Marshman
Peso-médio: Derek Brunson x Israel Adesanya
CARD PRELIMINAR (19h30m, horário de Brasília):
Peso-pena: Jason Knight x Jordan Rinaldi
Peso-mosca: Sijara Eubanks x Roxanne Modafferi
Peso-pena: Julio Arce x Sheymon Moraes
Peso-meio-médio: Lyman Good x Ben Saunders
Peso-leve: Matt Frevola x Lando Vannata
Peso-pena: Shane Burgos x Kurt Holobaugh
Peso-galo: Brian Kelleher x Montel Jackson
Peso-pesado: Marcos Pezão x Adam Wieczorek

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *