- Esportes

Djokovic supera Connors e vai ultrapassar Lendl em número de semanas como número 1

Aos 32 anos, Novak Djokovic segue dando mostras que tem tudo para terminar sua carreira como um dos maiores tenistas da história. Nesta segunda-feira, ele alcançou mais uma importante marca, ao chegar a 269 semanas como número 1 do mundo, superando a marca do americano Jimmy Connors. Ele ainda vai igualar o recorde de outra lenda: Ivan Lendl, com 270 semanas na liderança do ranking na próxima segunda, dia 23.

Uma vez que Djokovic só defende pontos no Masters 1000 de Xangai, que termina no dia 7 de outubro, o sérvio garante sua liderança no ranking até lá. E, com isso, vai somar nada menos que 272 semanas como número 1 do mundo, se colocando como terceiro jogador que mais tempo passou nessa posição na história do tênis. À sua frente, ainda vão estar Roger Federer (310) e Pete Sampras (286).

Uma preocupação extra para Djokovic seguir somando semanas no topo é sua lesão no ombro, que o prejudicou na campanha do US Open. O sérvio afirmou em suas redes sociais na última semana que vai jogar a gira asiática – o que incluiria o Masters 1000 de Xangai. Ele tem 1000 pontos a defender pelo título do torneio chinês, além de ter sido vice em Paris e no ATP Finals. Com isso, vê seu posto ameaçado por Rafael Nadal, que vem logo atrás em segundo lugar na classificação.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *