- Esportes

Em ano “incrível”, Daiane se firma como titular no PSG

Daiane entra em campo nesta quarta-feira como titular na zaga do PSG diante do Linköping pelo jogo de volta das oitavas de final da Champions League, a partir de 17h (de Brasília) – a equipe de Paris venceu o primeiro confronto por 2 a 0. A brasileira chegou ao clube em agosto, depois de uma passagem pelo Avaldsnes, da Noruega, e coroou um ano que já vinha de outro grande momento com a primeira convocação à seleção brasileira principal e disputa da Copa América em abril. A menina, que começou jogando na rua com os irmãos, foi descoberta ali mesmo e chegou ao futebol somente aos 15 anos, descreve seu momento em uma palavra: incrível.

– Esse ano começou incrível. Tive minha primeira convocação para a seleção principal, joguei Copa América e logo depois acertei com o PSG. Foi inesperada, surpresa e fiquei feliz quando soube que estavam interessados. Não tenho nem palavras para agradecer. Meu clube não queria liberar na Noruega (ela ainda tinha contrato vigente), mas deu tudo certo com meu empresário conseguindo me liberar – disse Daiane ao blog Dona do Campinho.

O caminho até chegar ao time francês teve diversos capítulos em sua curta carreira. Passou por Kindermann-SC, XV de Piracicaba-SP, Tiradentes-PI e Rio Preto-SP. Chegou ao Avaldsnes com apenas 18 anos e ali virou cidadã do mundo. A presença de outras três brasileiras no clube norueguês ajudou na adaptação. De lá, agora com 21 anos, assinou até 2021 com o Paris Saint-Germain. Iniciou na reserva e logo assumiu a função entre as 11.

– Sabia que no início poderia ser reserva, mas iria trabalhar muito para ser titular. É gratificante ver seu trabalho ser reconhecido – afirmou ela, que não tem receio algum em falar das suas qualidades:

– Primeiro zagueira pela esquerda. É algo um pouco raro. Qualidade na saída de bola, bolas aéreas. E sou alta, muito alta.

No PSG, Daiane é colega de um ícone do futebol feminino. Formiga é um dos pilares do time. A zagueira conta que, depois da notícia de que iria atuar pela equipe de Paris, o que a deixou mais feliz foi saber que teria uma referência ao seu lado no time.

– Para mim, depois da notícia que iria jogar no PSG, saber que ela estava aqui foi o que me deixou feliz. Eu tenho aprendido muito com ela. Ela passa uma energia, é realmente uma referência para futebol feminino – disse.

E será ao lado de Formiga que Daiane buscará confirmar a classificação às quartas de final da Champions. Mesmo com a vantagem, a defensora faz questão de ressaltar que o grupo precisa entrar em campo como se a partida ainda estivesse 0 a 0.

– A gente conseguiu uma boa vantagem, mas sabemos que o jogo não foi fácil. Elas têm qualidade assim como nós. Precisamos entrar como se fosse 0 a 0 e entrar para vencer, mas cuidando na defesa – declarou.

Com um time renovado, o PSG tenta finalmente assegurar o título que já beliscou em duas oportunidades. Foi vice da competição nas temporadas 2014/ 2015 e 2016/2017, tendo perdido para Frankfurt e Lyon, respectivamente. De acordo com Daiane, a equipe comandada por Olivier Echouafni está mais jovem, na faixa de 23 a 24 anos. Ela aposta que o grupo tem sim qualidade para buscar finalmente a conquista do torneio europeu.

– Ele montou uma equipe bem jovem na faixa de 23, 24 anos. A gente está com time com muita qualidade e tem como vencer a Champions – afirmou.

Um desempenho em alto nível também pode confirmar um sonho que Daiane pretende realizar. Estar desempenhando seu futebol pelos campos franceses, mas vestindo a camisa da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2019. Ela garante que está aproveitando ao máximo as convocações e lutará para assegurar seu lugar no Mundial.

– Está sendo uma experiência incrível. Tenho crescido ao lado das meninas mais experientes. Estou tentando cravar uma vaga no Mundial. E vou lutar por isso – afirmou.

Além de PSG x Linköping, outros cinco jogos movimentam as oitavas de final da Champions nesta quarta-feira. Brondby e Lillestrøm se enfrentam depois de terem empatado em 1 a 1 no jogo de ida. O Barça visita o Glasgow, após ter aplicado 5 a 0 no primeiro confronto. O Bayern de Munique encara o FC Zurich depois de ter vencido por 2 a 0 na partida de ida. Lyon e Ajax voltam a se encarar depois das francesas terem feito 4 a 0 na abertura da fase. O Atlético de Madrid tenta se recuperar em casa depois de ter perdido o primeiro jogo por 4 a 0 para o Wolfsburg. Ainda no mesmo dia, o Chelsea visita a Fiorentina depois de ter vencido o primeiro duelo por 1 a 0. Na quinta-feira, ainda se enfrentam Rosengard e Slavia Praga, que venceu por 3 a 2 a primeira partida.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *